Olhar Direto

Terça-feira, 24 de novembro de 2020

Notícias / Cidades

Número de contaminados ‘estaciona’ em MT e caso atribuído a Chapada é de morador de Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Abr 2020 - 17:13

Foto: Reprodução / Ilustração

Número de contaminados ‘estaciona’ em MT e caso atribuído a Chapada é de morador de Cuiabá
O Boletim Informativo da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso dá conta de que o número de casos confirmados do novo coronavírus (COVID-19) no estado não aumentaram de sábado (4) para domingo (5). Houve um acréscimo de três casos notificados de síndrome respiratória aguda grave (de 358 a 361) e, além disso, o caso confirmado de Chapada dos Guimarães foi identificado como, na realidade, de um morador de Cuiabá.

Leia também:
Aumenta para 60 casos de Covid-19 confirmados em Mato Grosso; 358 têm problemas respiratórios graves
 
O cenário mato-grossense, então, tem 361 casos de síndrome respiratória aguda grave, 60 casos confirmados de coronavírus, sendo 13 hospitalizados (10 em UTI e 3 em enfermaria), 47 em isolamento domiciliar, 10 casos recuperados e um óbito.
 
A divisão por cidade é de 38 em Cuiabá, 6 em Rondonópolis, 4 em Várzea Grande, 4 em Tangará da Serra, 3 em Sinop e um em cada cidade de Nova Mutum, Nova Monte Verde, Lucas do Rio Verde, Campo Novo do Parecis e Alta Floresta.
 
Segundo o boletim, “o caso confirmado de Chapada dos Guimarães divulgado no boletim de ontem (04/04/2020), apesar do cartão nacional do SUS apontar residência em Chapada dos Guimarães, após investigação epidemiológica mais detalhada, descobriu-se ser residente do município de Cuiabá”.
 
Do total de casos, 42% são homens e 58% são mulheres. A média de idade é de 44 anos (um paciente com menos de cinco anos, um de 6 a 18 anos, 8 de 19 a 35 anos, 42 de 36 a 55 anos, 8 de 56 a 80 anos). Há transmissão comunitária (não se pode identificar a origem do contágio) em Cuiabá, Várzea Grande, Nova Monte Verde e Rondonópolis.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet