Olhar Direto

Quarta-feira, 27 de maio de 2020

Notícias / Cidades

Monitoramento em celulares mostra que 49,5% da população de MT está em isolamento

Da Redação - Érika Oliveira

08 Abr 2020 - 17:30

Foto: Getty Images

Monitoramento em celulares mostra que 49,5% da população de MT está em isolamento
Reportagem veiculada nesta quarta-feira (08), no Jornal Hoje, da Rede Globo, mostrou o monitoramento feito pelo Governo de São Paulo para acompanhar a quarentena da população paulista. Um dos gráficos trouxe a situação, com base em dados de GPS, de cada estado brasileiro. Em Mato Grosso, até a última terça-feira (07), 49,5% da população se encontrava em isolamento. 

Leia mais: 
Secretário reforça distanciamento: confinamento não é se reunir com amigos para assistir live 

Os dados, segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), são obtidos através de uma parceria entre as principais operadoras de telefonia móvel do País. 

As operadoras Algar Telecom, Claro, Oi, Tim e Vivo vão fornecer os dados de mobilidade originados pelos celulares nas redes móveis ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) que possui uma sala de acompanhamento do tema e poderá disponibilizar as informações a todas as esferas do poder público. Os dados fornecidos visam exclusivamente o combate a Covid-19. 

Nessa solução, os dados estarão em nuvem pública (Data Lake) e organizados de forma agregada, estatísticos e anônima, de acordo com as normas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e do Marco Civil da Internet. 

As operadoras desenvolverão ainda aplicativos e casos de uso para auxiliar os órgãos públicos no mapeamento da evolução da epidemia do novo coronavírus.

A iniciativa poderá evoluir também para convidar outras empresas, universidades e start ups para participar, agregando mais dados anonimizados e estatísticos ao Data Lake, ou até para o desenvolvimento de outros aplicativos e casos de uso. 

 

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • sandra maria achiles moreira
    15 Abr 2020 às 08:43

    Os dados sao ricos para a organizacao das Cidades, e acredito que os mesmos devem ser disponibilizados para serem georeferenciados junto com os dados do IBGE

  • João
    08 Abr 2020 às 22:20

    Mais uma demonstração do quanto estamos sendo vigiados e nossa intimidade exposta por essas empresas

  • Dito Cujo
    08 Abr 2020 às 21:28

    Não adianta muita coisa esse rastreio.A pessoa pode muito bem sair de casa sem o celular,aí vão acharem que ela está fazendo a quarentena.

  • Augusto Castilho
    08 Abr 2020 às 21:01

    Por medo e na ânsia de garantir sua proteção, você aceitou entregar sua liberdade e sua individualidade. Lembrem-se do 5 de novembro. :-D

  • Jaime
    08 Abr 2020 às 20:36

    Claro estes 49% são funcionário públicos aí é mole de ficar em quarentena eu tenho que trabalhar escondido coisa que jamais imaginei que teria que fazer ganhar o sustento da minha família escondido como se eu fosse um marginal

  • ISMAEL
    08 Abr 2020 às 20:13

    Isso sim é big brother Brasil! Após essa notícia declaro o fim da liberdade no Brasil. Parabéns aos envolvidos.

  • Mulher ma
    08 Abr 2020 às 18:11

    Isso e abuso Invasão de privacidade. Não aceito isso Já estão abusando com essa bosta de quarentena.

Sitevip Internet