Olhar Direto

Terça-feira, 13 de abril de 2021

Notícias / Cidades

Sem pedido médico

Em Cuiabá, testes do coronavírus custam entre R$ 250 e R$ 400 e são feitos em drive thru

Da Redação - Wesley Santiago

25 Abr 2020 - 08:05

Foto: Reprodução/Ilustração

Em Cuiabá, testes do coronavírus custam entre R$ 250 e R$ 400 e são feitos em drive thru
Laboratórios de Cuiabá já começaram a fazer testes de coronavírus para pessoas que não estejam internadas. O exame, que tem resultado rápido, custa entre R$ 250 e R$ 400 em empresas apuradas pelo Olhar Direto. A coleta é feita dentro do próprio carro. Em Mato Grosso, até sexta-feira (24), foram confirmados 241 casos confirmados da Covid-19, com oito óbitos.

Leia mais:
Jovem de 23 anos é primeira mulher a morrer por Covid-19 em Mato Grosso
 
Conforme a apuração da reportagem, um dos laboratórios (Imac) oferece o agendamento para exame, sendo cobrado o valor de R$ 250 por cada um. A coleta de material é feita em sistema de drive thru, com a pessoa não precisando sair de dentro do seu veículo, para não aumentar o risco de contágio.
 
O resultado fica pronto em até duas horas, sendo que não é necessário pedido médico para que o teste seja feito.

Em outro (Carlos Chagas) o preço da teste PCR é de R$ 350, mais uma taxa de R$ 50 da coleta de nasofaringe, totalizando R$ 400. Também há a opção com sangue, de quimiluminescência igg e igm, que sai a R$ 300.

O exame é feito por agendamento, também não é necessário pedido médico e o resultado sai em até três dias úteis.

Na segunda-feira (27), a Unibrasil Lab inicia as atividades de seu drive-thru em Cuiabá, para coleta de amostras para diagnóstico da Sars-CoV-2, o novo coronavírus, causador da COVID-19. A coleta será de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Para evitar aglomerações, os pacientes devem fazer o pré-agendamento. No dia e horário agendados, ao chegarem à tenda as pessoas ,serão atendidas no próprio carro, para que não haja contato entre elas.

O teste realizado para diagnóstico é o RT-PCR, que identifica a presença do código genético do vírus na mucosa do nariz. O resultado sai em três dias, e pode ser visualizado no site. 

Não é necessário contraprova, pois a Unibrasil Lab é uma laboratório de referência no diagnóstico de coronavírus, certificado pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo. O exame custa R$ 280, com pagamento por cartão ou à vista, feito no momento da coleta.
 
Os casos confirmados estão em Cuiabá (119), Rondonópolis (36), Sinop (19), Várzea Grande (12), São José dos Quatro Marcos (6), Primavera do Leste (6), Mirassol D’Oeste (6), Tangará da Serra (5), Cáceres (4), Barra do Garças (3), Rio Branco (2), Aripuanã (2), Vila Bela da Santíssima Trindade (1), União do Sul (1), Querência (1), Pontes e Lacerda (1), Pontal do Araguaia (1), Nova Mutum (1), Nova Monte Verde (1), Lucas do Rio Verde (1), Lambari D’Oeste (1), Jaciara (1), Ipiranga do Norte (1), Conquista D’oeste (1), Confresa (1), Canarana (1), Campo Novo do Parecis (1), Alta Floresta (1) e residentes de outros Estados (5).

Dos 241 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 88 estão em isolamento domiciliar e 125 estão recuperados. Há ainda 20 pacientes hospitalizados, sendo 11 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e nove em enfermaria.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet