Olhar Direto

Terça-feira, 26 de maio de 2020

Notícias / Política MT

Secretário divulga queda de R$ 300 milhões em um mês e meio na arrecadação do Estado

Da Redação - Érika Oliveira

20 Mai 2020 - 15:42

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Secretário divulga queda de R$ 300 milhões em um mês e meio na arrecadação do Estado
O secretário de Fazenda do Estado, Rogério Gallo, informou na manhã desta quarta-feira (20) que até a presente data Mato Grosso já perdeu R$ 300 milhões somente a título de arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os números se referem a todo o mês de abril e os primeiros 20 dias do mês de maio e devem ser ainda mais expressivos nos próximos meses, com o avanço da crise econômica desencadeada pelo novo coronavírus.
 
Leia mais:
Botelho diz que redução de duodécimos só será discutida após aprovação de lei que socorre estados e municípios
 
“Até o dia de hoje nós temos uma queda confirmada de R$ 150 milhões, isso só referente ao ICMS. Esse foi o valor perdido em todo o mês de abril. Aí tem as outras fontes de arrecadação, como por exemplo o IPVA que nós porstergarmos e vai perder cerca de R$ 90 milhões, mas que é um dinheiro que entra lá na frente. O ICMS é perda efetiva”, explicou Rogério Gallo. Os números foram apresentados durante entrevista à TV Centro América.
 
No final do mês passado, Gallo esteve na Assembleia Legislativa de Mato Grosso para apresentar um panorama da crise aos deputados estaduais. Segundo o secretário, somente no período de março a abril, o estado já registrou uma queda de quase 20% na arrecadação ICMS e a expectativa é de que este percentual dobre em maio.
 
O ICMS é responsável pela maior parte da arrecadação dos estados. Em 2019, por exemplo, o tributo representou R$ 2,57 bilhões de todo o orçamento de Mato Grosso. A previsão para este ano, antes da pandemia, conforme a Secretaria de Fazenda, era de que esse número pudesse chegar a R$ 2,81 bilhões este ano. Segundo o governador, no entanto, a expectativa agora é de que queda na arrecadação do ICMS chegue até 50% já a partir deste mês.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

22 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Lucilene Jd 3 Américas
    21 Mai 2020 às 13:45

    Vou adorar ver atrasar salário dos servidores públicos mimados.

  • carlos Arruda
    21 Mai 2020 às 11:45

    Há algo errado nos números, dados da arrecadação mostram que até ontem, a arrecadação total era 872 milhões superior à meta do final de maio, e ainda estamos em 21/05, então não observamos toda esta catástrofe.

  • Rubens Tadeu Reynaud
    21 Mai 2020 às 07:07

    Este secretário so sabe falar em queda de arrecadscao. E assim desde os tempos do anao de jardim.

  • alexandre
    21 Mai 2020 às 06:12

    Vai tudo prós Poderes, super duodécimos..

  • O atalaia
    20 Mai 2020 às 21:38

    As catástrofes trazem mensagens subliminares para cada um de nós e para humanidade como um todo. É tempo de se aproveitar para refletir r crescer....

  • parasita
    20 Mai 2020 às 20:24

    Enquanto isso ele tá tocando uma obra de reforma na secretaria de saúde, com uma aglomeração de gente. E guardando várias ambulâncias no estacionamento para poder distribuir quando a justiça eleitoral definir a data das eleições. E os servidores da secretaria de saúde impedidos de tirar férias ou licença.

  • Ruca
    20 Mai 2020 às 19:48

    E mesmo assim aprovaram aumento que dobrou salário dos comissionados. Apaniguados, pelegos, inclusive do galo que voz fala. Estado de contradição, para rga não tem, mas pra comissionados tem. E o limite da lrf só vale pra rga?? E a lrf estadual criada pelo povo lá do orçamento que mal sabe fazer conta, pela lei não pode pagar rga, mas aumento de dga pode?

  • gil
    20 Mai 2020 às 18:47

    Olá empresário desta vez a crises pegaram a todos inclusive os empresário... Olha o covid 19, está e uma realidade talvez por falta de responsabilidade do posicionamento firme do presidente Bolsonaro.. Atrapalhou está atrapalhando aqui em MT, quando teve isolamento foram poucos infectados e mortos, se todos estivesse no mesmo time hoje estaríamos talvez livre dessa praga.. E todos estariam de volta ao seu trabalho um novo recomeço..

  • nelson
    20 Mai 2020 às 18:37

    o Estado arrecada muito e não oferece porra nenhuma, alias para o povo os de colarinho branco estãio nadando

  • Toniel
    20 Mai 2020 às 18:34

    Escutam só, essa ladainha serve de pretextos, para atrasarem salários dos funcionários públicos pior, recentemente aprovaram uma enorme benesses aos comissionados estaduais em detrimento aos concursados.São por essas e outras, que digo, o governador é um falacioso e de conveniência, palavra dele é risco nágua.

Sitevip Internet