Olhar Direto

Terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Notícias / Política MT

Medeiros minimiza conversa em reunião e diz que presidente foi coerente ao discurso que o elegeu

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

22 Mai 2020 - 18:30

Foto: Rogério Florentino/OD

Medeiros minimiza conversa em reunião e diz que presidente foi coerente ao discurso que o elegeu
Um dos maiores defensores de Mato Grosso do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) no Congresso Nacional, o deputado José Medeiros (PODE) minimizou o teor das conversas ocorridas na reunião ministerial do governo Bolsonaro, realizada no dia 22 de abril, divulgadas pelo ministro do Superior Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira (22).

Leia também
'Se estes são os líderes que o Brasil tem, estamos totalmente à deriva', diz deputada de MT sobre vídeo de Bolsonaro


Para o parlamentar, o vídeo não provou que houve tentativa de interferência na Polícia Federal e ainda reforçou que o presidente está cumprindo o que prometeu durante sua campanha em 2018.

“O ‘vídeo bomba’ da reunião ministerial deixa uma coisa muito clara. O presidente Jair Bolsonaro continua fiel e intransigente na defesa das pautas que lhe elegeram”, disse o ‘bolsonarista’ em sua conta no Twitter.

Na mesma rede social, o deputado também elogiou o ministro Celso de Melo do STF, por divulgar o vídeo da reunião ministerial, fato que segundo ele, mostrou pra o país quem é o presidente da Repúlica.

"Obrigado ministro Celso de Melo, mostrou para o Brasil quem realmente é 
Jair Bolsonaro quando não está em público. É a mesmíssima pessoa", disse.

Nesta sexta-feira, o ministro do STF Celso de Mello divulgou a íntegra do vídeo da reunião ministerial do governo Bolsonaro de 22 de abril, que faz parte do inquérito que investiga suposta interferência do presidente da República na Polícia Federal.

O vídeo integra o inquérito que investiga uma suposta interferência de Bolsonaro na Polícia Federal, após denúncias feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro, no dia em que ele se demitiu, no mês passado.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet