Olhar Direto

Notícias / Cidades

Empresário de MT que ameaçou invadir Congresso e STF é alvo da Polícia Federal

Da Redação - Wesley Santiago

27 Mai 2020 - 09:22

Foto: Reprodução/Facebook

Empresário de MT que ameaçou invadir Congresso e STF é alvo da Polícia Federal
O empresário e ativista de direita, Marcelo Stachin, morador de Sinop (447 quilômetros de Cuiabá), é um dos alvos da operação deflagrada nesta quarta-feira (27), pela Polícia Federal (PF), no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura produção de notícias falsas e ameaças à Corte. Ele, que é apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ficou conhecido recentemente por integrar um grupo que convocou a população para invadir o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia mais:
PF cumpre mandados em MT e outros Estados contra fake news e ameaças ao STF; deputado e empresário alvos
 
Conforme o apurado pelo Olhar Direto, a Polícia Federal esteve na casa do empresário nesta manhã, onde cumpriu mandado de busca e apreensão. Como o inquérito corre em sigilo, não há detalhes sobre qual seria o papel desempenhado por ele.  
 
Marcelo é apoiador ferrenho de Jair Bolsonaro. No início de maio, quando participava de um acampamento de apoio ao presidente, em Brasília (DF), ele fez parte de um grupo que está convocando a população para invadir o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF), segundo publicou o site Congresso em Foco.
 
A publicação mostra um vídeo em que um manifestante chamado Paulo Felipe, famoso nas redes sociais por defender o presidente da República, ao lado do sinopense, declara que o a invasão dos Poderes conta com o apoio de militares da reserva.
 
“No dia 8 de maio, teremos pelo menos 300 caminhões, com muitos militares da reserva vindo para cá em Brasília, para nós darmos cabo nesta patifaria que está estabelecida no país tem 35 anos ela casa maldita que é o Supremo Tribunal Federal, com onze gangster que tem destruído a nossa nação aliados ao Foro de São Paulo e ao narcotráfico internacional”, diz o manifestante.
 
Morador de Sinop, Stachin é um defensor ferrenho de Bolsonaro e tem participado ativamente de campanhas pela criação do Aliança Pelo Brasil, partido idealizado pelo presidente da República.
 
A reportagem também menciona que o acampamento em que o sinopense está defende o ‘extermínio da esquerda’ e o fim da corrupção.
 
A ideia do acampamento surgiu de movimentos bolsonaristas nas redes sociais e deve levar pessoas de todo o país para a frente do Congresso Nacional no próximo fim de semana.



A reportagem tenta contato com o empresário, mas até a publicação desta matéria não houve sucesso. O espaço continua aberto para a defesa do investigado.

Operação

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta quarta-feira (27), mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura produção de notícias falsas e ameaças à Corte. Entre os alvos estão apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, como o empresário e dono da Havan, Luciano Hang. Pelo menos uma das ordens judiciais é cumprida em Mato Grosso.

Estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão no âmbito do referido procedimento, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes. As ordens judiciais são para o Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

O ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos são alvos.  Todos são aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Também é alvo da operação a blogueira Sara Winter.O inquérito foi aberto em março de 2019 e terminaria em junho deste ano, mas pode ser prorrogado.

As investigação já identificaram ao menos 12 perfis em redes sociais que atuam na disseminação de informações, de forma padronizada, contra ministros do tribunal.

Isso significa, por exemplo, que esses perfis encaminham o mesmo tipo de mensagem, da mesma forma, na mesma periodicidade. Técnicos cruzam informações para tentar localizar financiadores desses perfis.

66 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • José
    29 Mai 2020 às 09:14

    Não passa de um palhaço.

  • Marcelo
    29 Mai 2020 às 06:25

    Com certeza, esses likes positivos e negativos, estão "viciados". Jornaleco de bosta!!!

  • Flavia Fernanda
    28 Mai 2020 às 13:44

    Que delícia ver o bolsonarismo cair no Mato Grosso e ver a galera que abriu os olhos e a oposição aqui massivamente defendendo o bom senso, a verdade e a justiça. É assim que a gente deixa esses loucos acuados. Esse mito inexistente não vai se eleger!

  • Empregos .com
    28 Mai 2020 às 11:59

    Comentários editado! esse aqui eles vão liberar para dizer que não é manípulado.

  • Antonio
    28 Mai 2020 às 11:18

    O Bolsonarismo se elegeu por fakenews desde o tal "kit gay" que nunca existiu até as mentiras que o presidente e seus robôs espalham todos os dias através de redes sociais. É preciso um basta nisso, porque essa rede de disseminação esta levando o ódio as nossas casas, destruindo reputações e dinamitando a democracia.

  • Antonio
    28 Mai 2020 às 11:12

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Nei
    28 Mai 2020 às 09:56

    Engraçado é que investigar corrupção nos superfaturamentos,algemar cidadãos de bem e burlar as leis,não dá noticia nessa mídia vendida .........Não dá IBOP.

  • Nei
    28 Mai 2020 às 09:49

    É com tristeza que vejo a liberdade de expressão ser esmagada e duro que a perseguição é só contra a direita. O Brasil se acostumou ao jeitinho de levar vantagem. Mais triste ainda é constatar pelos comentários aqui que os mortadelas apoiadores do ladrão são muitos.

  • Sensato.
    28 Mai 2020 às 08:53

    Dra Gabriela, dona Margareth e Joao da Costa, vcs com certeza ganharam e estão ganhando alguma coisa pra defender um ex presidente ladrão, pois a voz da população é a vóz de DEUS, vcs estão cegos ou corrompidos pela corrupção emanada do Luladrão, FATO, Bolsonaro é ficha limpa, melhor presidente que o Brasil ja teve, votado pelo povo sem gastos com dinheiro publico, isso é o que mais dói nesse povo corrompido da esquerda, aceitem que dói menos seus tapados.

  • José Inocêncio
    28 Mai 2020 às 00:47

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet