Olhar Direto

Notícias / Política MT

Câmara aprova RGA próprio e pode prejudicar Cuiabá no recebimento de R$ 168 mi da União

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

28 Mai 2020 - 17:45

Foto: Rogério Florentino/OD

Câmara aprova RGA próprio e pode prejudicar Cuiabá no recebimento de R$ 168 mi da União
Em votação colocada em regime de urgência, já no apagar das luzes da sessão ordinária desta quinta-feira (28), os vereadores de Cuiabá aprovaram a concessão da Revisão Geral Anual, a famosa RGA, em 4,30% para os servidores públicos da casa de lei, fato que pode prejudicar o repasse de R$ 168 milhões do Governo Federal para a capital mato-grossense como ajuda ao combate ao Covid-19.

Leia também
Mendes diz que Cuiabá irá desabilitar 40 leitos de Covid-19: 'Emanuel não pode ser levado a sério'


Dos 25 vereadores, quatro se abstiveram de votar, 14 votaram pela aprovação e apenas Abílio Junior (PODE), Diego Guimarães (Cidadania), Felipe Wellaton (Cidadania) e Luís Claudio (Progressistas) foram contra o projeto.

Nesta mesma manhã, o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou o socorro aos estados e municípios com a contrapartida do congelamento de qualquer tipo de ‘título, aumento, vantagem ou reajuste’ aos servidores públicos no âmbito federal, estadual e municipal.

Desta forma, o projeto, que foi encaminhado para alguns vereadores faltando poucos minutos para acabar a sessão e que foi aprovado pode acabar interferindo na ajuda financeira que virá para Cuiabá para combater a pandemia do coronavírus.

A Comissão de Constituição e Justiça e Redação (CCJR) da casa de leis apontou que a correção no RGA é Constitucional.

Alguns vereadores chegaram a lembrar da inconstitucionalidade por conta da lei aprovada no Congresso Nacional e sancionada por Bolsonaro hoje. Mesmo assim votaram a favor do reajuste.

12 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • arruda
    29 Mai 2020 às 10:08

    Absurdo, nessa crise que todos estao passando, nao acredito que aprovaram isso. O governo até congelou o salario ate final de 2021 e ainda aprovam esse tal de GRA. Sr. prefeito veta .

  • le
    29 Mai 2020 às 09:06

    povo colhe o que planta .... o dia que aprenderem a votar.. quem sabe o Brasil muda

  • janete
    29 Mai 2020 às 07:26

    CASA DOS HORRORES!

  • Cuiabano
    29 Mai 2020 às 06:40

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Jc
    28 Mai 2020 às 21:46

    Vão e ferrar com Cuiabá o Governo Federal foi bem claro na cobrança e estas tiricas fazem uma coisa desta.Tomara que alguém amanhã ligue para o Paulo Guedes e ele manda corta verba de Cuiabá daí quero ver.

  • Gilson
    28 Mai 2020 às 21:12

    Trabalham muito!!! Estamos em crise. Merecem um aumento...

  • alexandre
    28 Mai 2020 às 20:12

    Casa dos horrores

  • Julião Petruquio
    28 Mai 2020 às 19:56

    Se eu fosse pai de um desses vereadores que aprovaram essa patifaria sentiria vergonha dele.

  • Ian CPA 4
    28 Mai 2020 às 19:00

    Depois falavam de Lula. Ainda verei o povo arrependido de ter apoiado golpe contra PT implorando para Lula voltar.

  • Ian CPA 4
    28 Mai 2020 às 19:00

    Depois falavam de Lula. Ainda verei o povo arrependido de ter apoiado golpe contra PT implorando para Lula voltar.

Sitevip Internet