Olhar Direto

Notícias / Cidades

Segundo trabalhador soterrado em silo de grãos é encontrado morto pelo Corpo de Bombeiros

Da Redação - Max Aguiar

30 Mai 2020 - 09:40

Foto: Ciopaer - Bombeiros

Segundo trabalhador soterrado em silo de grãos é encontrado morto pelo Corpo de Bombeiros
Depois de quase 24 horas de buscas em um silo de soja no município de Nova Maringá (distante 370 km de Cuiabá), o segundo trabalhador envolvido no acidente foi encontrado morto pelo Corpo de Bombeiros.

Leia mais:
Trabalhadores são soterrados em silo de soja; um resgatado e outro desaparecido

A chamada de resgate se deu na tarde de quinta-feira (28), quando dois homens se acidentaram dentro do galpão de secagem dos grãos. 

A primeira vítima foi resgatada com ajuda dos homens do Ciopaer. Ele foi resgatado com vida e não precisou de atendimentos médicos. 

Porém, os trabalhos em busca do segundo acidentado não pararam e às 5h da madrugada deste sábado (30), os bombeiros localizaram o corpo. Ele já estava morto. A vítima será encaminhada para Diamantino, para os procedimentos de necropsia. 

O caso

Dois trabalhadores foram soterrados, na tarde da última quinta-feira (28), em um silo de soja, localizado na cidade de Nova Maringá. As buscas contaram com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Sorriso, do Corpo de Bombeiros de Nova Mutum e funcionários da empresa.

De acordo com a assessoria, o helicóptero do Ciopaer foi acionado e pousou no local, por volta das 14h30 de quinta-feira para ajudar no resgate. A própria equipe de segurança da empresa foi quem iniciou a tentativa de resgate.

Utilizando uma técnica de ancoragem, o jovem de 18 anos foi resgatado do silo. Porém, as buscas seguiram até a manhã deste sábado. Segundo a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, o silo foi esvaziado para que a segunda vítima fosse recuperada. 

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jc
    30 Mai 2020 às 18:57

    E lamentável este tipo de acidente..As empresas de que exigir os item obrigatórios de Ipis..talves neste caso eu não sei mas acho que não estavam usando o cinto com corda de ancoragem poderia até haver a queda mas com a corda e cinto era provável que eles se salvariam .

  • Limite VG
    30 Mai 2020 às 15:58

    Oremos

Sitevip Internet