Olhar Direto

Notícias / Política MT

Mauro se diz irritado com forma como Cuiabá conduz combate à covid-19 e volta a cobrar leitos de Emanuel

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo / Do Local - Max Aguiar

01 Jun 2020 - 16:25

Foto: Rogério Florentino/OD

Mauro se diz irritado com forma como Cuiabá conduz combate à covid-19 e volta a cobrar leitos de Emanuel
Em evento de assinatura de ordem de serviço para retomada da construção da Escola Técnica Estadual de Cuiabá, na tarde desta segunda-feira (1), o governador Mauro Mendes (DEM) voltou a criticar o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e disse que está indignado com a forma com que a prefeitura da Capital está trabalhando no combate à Covid-19.

Leia também
Emanuel chama Mauro Mendes de irresponsável, leviano, insensível e acionará a Justiça


Para o governador, o prefeito ainda continua com ‘conversa fiada’ e não respondeu o que fez com os R$ 42 milhões que a cidade recebeu do Ministério da saúde. A fala do governador acontece após Emanuel Pinheiro se pronunciar longamente sobre o assunto em uma live realizada na semana passada, em que rebateu as críticas e contra-atacou o democrata. Mendes também questionou onde estão os leitos construídos por Cuiabá nos últimos 90 dias.

“Eu não quero saber de conversa fiada. Quero saber o que a prefeitura fez com os R$ 42 milhões e qual leito novo de UTI que o prefeito criou em Cuiabá. Porque o Estado diz isso objetivamente. Em março deste ano nós tínhamos 40 UTIs na mão do Estado de Mato Grosso. Hoje nós abrimos mais 50 UTIs novas na Santa Casa, mais 30 UTIs novas no Hospital Metropolitano e vamos abrir mais 30. O Estado de Mato Grosso, somente em Cuiabá e Várzea Grande, vai abrir pouco mais de 110 leitos novos, além daqueles 40 que já existiam”, disse o governador, explicando que os ataques do prefeito, são desculpas para ele não responder sobre a criação de leitos.

“Tudo isso que ele fala é para fugir desta discussão central. Mas onde estão os leitos de UTI. O que ele fez com os R$ 42 milhões. Como ele não consegue responder isso objetivamente, começa a criar esse jogo de palavras. Estou cobrando sim o prefeito, onde estão os leitos que ele abriu nesses últimos 90 dias? Eu tenho um documento deste fim de semana que aponta que eles se recusaram a receber pacientes porque estava faltando ventilador e EPI. Isso, eu como cidadão, governador e ex-prefeito de Cuiabá, me deixa profundamente irritado, pois vemos muita conversa fiada e pouco resultado", disse.

A reabertura gradual do comércio em Cuiabá, também foi alvo de críticas de Mauro Mendes, que chamou o prefeito de incoerente.

“Quando tinha um caso só ele mandou fechar tudo. Agora que temos mais de 700 casos ele manda abrir. É muita incoerência. Mas o importante é o que o Governo do Estado está fazendo, seguindo a recomendação da OMS, que é não faltar leito de UTI para atender a população”, afirmou.

O prefeito e o governador, que desde o início de 2019 estão tendo um péssimo relacionamento, entraram na briga por causa do combate ao Covid-19 nas últimas semanas, após Mendes acusar Pinheiro de fechar 40 leitos de UTI em Cuiabá.

Resposta e críticas de Emanuel 

Na sexta-feira (29), Emanuel Pinheiro respondeu duramente às criticas feitas pelo governador Mauro Mendes (DEM) com relação aos leitos de UTI.  Em entrevista coletiva virtual, Emanuel prometeu acionar juridicamente o chefe do Executivo estadual por espalhar fake news causando tumulto na sociedade. Além disso, o prefeito usou palavras como leviano, irresponsável, cruel e amor platônico para criticar Mendes. 

Além disso, Emanuel enfatizou que Mauro já começou a fazer política usando seu grupo para criticar a atual gestão da Prefeitura de Cuiabá. "Uma preocupação que o Estado precisa ter é tomar cuidado com a interiorização do vírus. O governo do estado não ia se pautar por período eleitoral, pensar alto, na vida das pessoas. Eu acreditei que o Governo poderia se unir com a prefeito, unir se a Cuiabá, independente de partido, meu maior erro foi acreditar achar que o estado estava pensando em combater o vírus, mas não. Ele está pensando em campanha política e me criticar. Eu errei muito ao acreditar no governador", disse Emanuel.

Além disso, o prefeito continuou a metralhadora de críticas e abriu o verbo contra o adversário. "Tem muita mentira, muita falácia do Mauro Mendes sobre Cuiabá. Em relação a ele, é uma pena. Eu fui eleito para cuidar das pessoas. Mauro Mendes querer politizar um assunto tão grave como a pandemia é grave. Todos sabem que você governa para amigos, que você é insensível, não tem sensibilidade, tem agido com leviandade, com ataques gratuitos", declarou.

23 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Wellingthon
    03 Jun 2020 às 05:14

    Como Mauro Mendes disse... Emanuel enrolou e nao disse nada sobre os 42 milhões liberado pelo governo federal.... Emanuel mais uma vez, "cadê o dinheiro que estava aqui"? Vc é mto bom de conversa fiada e fazer praça... faça oq tem q fazer com verba que é liberada pra fazer e para de blá blá

  • Vinícius
    02 Jun 2020 às 18:46

    "Vejo pessoas na rua" "Há quanto tempo?" "Todo o tempo." Pessoal tá na rua de boa. Mercado lotado, trânsito aumentou. Isolamento é preparar festa e feriado pro matogrossense. Deu até um bloco de reportagem mostrando a irresponsabilidade do Estado(governo e prefeitura). O preço de não botar o povo em casa se transforma em UTI e funcionários da saúde sobrecarregados.

  • YVONE Inez Ricci Boaventura
    02 Jun 2020 às 18:33

    Parem já com esta polêmica inútil e perigosa para População . Agora é preciso colaboração e união. A Covid...tá chegando... Juízo!!!

  • cidadã
    02 Jun 2020 às 15:24

    Irresponsabilidade!

  • Eduardo
    02 Jun 2020 às 14:17

    42 milhõesssssss é dinheiro pra catiça poo cadê o dinheiro nem o VLT vai sair maís uma vez o dinheiro público vai sumir cadê o dinheiro Mauro tá certo.

  • cidadã
    02 Jun 2020 às 13:37

    O governador crítica a incoerência do prefeito, mas ele também é incoerente:quando havia dois casos ele diminuiu o expediente das repartições e abriu o teletrabalho. Agora que a curva está ascendente voltou as oito horas e não flexibiliza o teletrabalho como ação para contribuir para o achatamento da curva.Iresponsabilidade!

  • Walter Jackson
    02 Jun 2020 às 13:25

    Jamais tivemos um Governo em MT como Excelentíssimo Senhor Governador Mauro Mendes onde tem feito um execelente trabalhado. Coragem para acertar. Nós matogrossenses temos orgulho de um Governo que atende de forma imediata a situação crítica que poderiamos estar sem leitos em UTIs. Saúde foi vista com carinho, mas não só isso. São tantos bons motivos desde a Prefeitura até aqui no Governo do Estado que pode merecer até a Presidência do Brasil, sem contar toda trajetoria de vida honrrada. Parabéns a pessoa Mauro Mendes e ao Excelentissimo Senhor Governador do Estado de Mato Grosso Mauro Mendes. MATO GROSSO AGRADECE.

  • PAULO
    02 Jun 2020 às 07:40

    Senhor Governador, o pouco de respeito que ainda nutria por Vossa Excelência acabou quando, contra todas as informações disponíveis, apoiava o presidente insano contra o isolamento. Mudou de idéia quando viu a perspectiva de ajuda financeira aprovada pelo congresso. O prefeito, apesar de não ser grande coisa, atuou de forma mais racional. Nunca apoiou as medidas na Capital, agora vem com essa posição de defensor da vida. O senhor está igual surfista, vai com a onda.

  • MARCOS
    02 Jun 2020 às 07:17

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • MARIA TAQUARA
    02 Jun 2020 às 06:31

    farinha do mesmo saco a única diferença eh que o bolso do paletó do MM nao esta furado

Sitevip Internet