Olhar Direto

Notícias / Política MT

Deputados rejeitam auxílio de R$ 1 mil a profissionais da Saúde de MT

Da Redação - Max Aguiar

03 Jun 2020 - 14:05

Foto: Reprodução - TVAL

Paulo Araújo é autor do projeto

Paulo Araújo é autor do projeto

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) deu parecer contrário, acatado pelo plenário da Assembleia Legislativa, ao Projeto de Lei do deputado Paulo Araújo (Progressistas) para que o Governo do Estado disponibilizasse auxílio financeiro aos servidores da Saúde durante o período da pandemia. 

Leia mais:
Maio teve quase 20% de queda na arrecadação estadual se comparado com o mês de março

A medida estabelecia R$ 1 mil aos servidores que estão atuando na linha de frente. Com a proposta sendo rejeitada, o parlamentar subiu o tom e disse que a decisão é totalmente inadmissível, tendo em vista que o parecer vai na contramão do que está acontecendo no Brasil. 

"Em todo lugar do Brasil estão autorizando auxílio e agora rejeitam a proposta. Primeiro a CCJR que deu parecer contrário. Agora, o plenário. Infelizmente, esse projeto ajudaria aqueles que estão trabalhando para lutar contra o coronavírus", comentou Araújo. 

Lúdio Cabral (PT) e Valdir Barranco (PT) também criticaram a negativa ao projeto. "Nada mais justo a recompensa financeira, até para que esses profissionais também possam custear despesas extraordinárias que vem passando em razão do labor, os quais necessitam de cuidados especiais, tanto no local de trabalho, como também em seus lares junto aos familiares", comentaram os deputados da oposição. 

O projeto foi arquivado, sem ser aprovado. A votação aconteceu na sessão matutina desta quarta-feira (3), no Plenário Renê Barbour. 

36 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Rozivete
    15 Jun 2020 às 13:59

    Lamentavel que foi negado a ajuda aos Profissionais da saude .Esse valor de mil reais e Inrisorio comparado a 15 mil de combustivel mensal para os Politicos . So Queremos. Um salario digno. E o reconhecimento e respeito por parte dos gestores de Mato grosso. E trite o Descaso .

  • Tereza
    07 Jun 2020 às 13:05

    É pq não vai para bolso deles. Vamos ver a próxima eleição se a população vai lembrar disso

  • ELIZABETI FERREIRA
    04 Jun 2020 às 15:42

    vergonhoso, esses nossos representantes Nós não podemos ficar em casa, temos que cuidar dos doentes com covid 19, dai agora alem de estar exposto, devia pelo menos ser reconhecido ter uma ajuda, um estimulo a todos

  • Jagunço do Mato
    04 Jun 2020 às 13:51

    María pinho de arruda, vc tá com o nariz entupido ou vc é fanha? Conid 19???

  • Cidadão consciente
    04 Jun 2020 às 10:09

    parabéns a vocês, eleitores zumbis que elegem seres mesquinhos e indecentes como esses que têm a chance de reprovar um projeto de lei desse tipo. O Brasil tá essa maravilha porque brasileiro é PARVO mesmo

  • Jorge1
    03 Jun 2020 às 21:47

    Os profissionais da Saúde, que estão na linha de frente merecem muito mais que essa ajudinha minguada. Eles merecem serem valorizados, principalmente em seus salários e quando tudo isso estiver estabilizado, por favor dêem à cada um uma homenagem de heróis, de referência, de exemplo. Essa ajudinha é vergonhosa!

  • MAIZA DE ALMEIDA BATISTA
    03 Jun 2020 às 21:25

    Lamentável. Esses deputados não tem comprometimento com coisas sérias. Aprovar aumento de salário para secretários do governo na calada da noite, aí sim. Desacreditados.

  • Juliano
    03 Jun 2020 às 21:09

    Pra mim isso e jogada desse paulo Araújo ele joga com o governo quer e fazer midia nunca quis aprovar nada se existe um deputado porcaria esse e um

  • María pinho de arruda
    03 Jun 2020 às 20:46

    Nós da saúde precisamos de aumento estamos de frente ao conid19

  • Marcos
    03 Jun 2020 às 20:34

    No Brasil e aqui por Mato Grosso, nem fico impressionado com isso. Ficaria pasmo se fosse barrado um eventual aumento ou auxílio a parlamentares e afins.

Sitevip Internet