Olhar Direto

Notícias / Cidades

Fiscalização encontra excesso de mesas em praças de alimentação e inadequações em shoppings

Da Redação - Wesley Santiago

04 Jun 2020 - 09:29

Foto: Davi Valle

Fiscalização encontra excesso de mesas em praças de alimentação e inadequações em shoppings
Agentes da Secretaria de Ordem Pública estiveram, na manhã desta quarta-feira (03), acompanhando a abertura do Shopping Estação e Popular no primeiro dia de retomada gradativa de suas atividades. A fiscalização encontrou algumas irregularidades, que precisarão ser sanadas. Uma delas era o excesso de mesas nas praças de alimentação dos empreendimentos.

Leia mais:
Em primeiro dia de reabertura, shopping centers têm movimento tímido e lojas que continuam fechadas; fotos
 
Nesta primeira vistoria, foram encontradas inadequações nas duas unidades, como falta de demarcação de espaçamento em filas, assentos em corredores, excesso de mesas em praça de alimentação e falta de mural informativo em elevadores. Foram feitas notificações pra que as administrações providenciassem a adequação em até 24h.
 
“Nossa equipe está sempre vigilante com objetivo de garantir que as medidas do decreto assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro sejam cumpridas. É importante que a população e os empresários colaborem, para que tenhamos uma retomada gradativa das atividades comerciais segura e saudável”, comentou o secretário de Ordem Pública, Leovaldo Sales.
 
A equipe esteve presente no momento de abertura das duas unidades, afim de verificar as medidas de segurança tomadas pelas administrações dos estabelecimentos. A adequação dos locais para o recebimento do público é indispensável para a retomada gradativa das atividades e foi assegurada em Termo de Compromisso, assinado entre a Prefeitura de Cuiabá e a categoria, como parte do planejamento iniciado no dia 27 de abril de 2020. 
 
De acordo com o superintendente do Shopping Estação Cuiabá, Anderson Rondon, o espaço passou por desinfecção, como consta no decreto, para que os clientes se sintam seguros e confortáveis ao frequentar o shopping e para que possam aproveitar a experiência. "Implantamos novas rotinas de cuidado, seguindo rigorosamente as normas do decreto municipal nº 7.929/2020 e contamos com a compreensão da população para esse momento de adaptação. Tudo foi preparado com muito carinho e cuidado".
 
A Secretaria de Ordem Pública informa que vai acompanhar o funcionamento dos shoppings centers e Popular em Cuiabá, realizando ações de fiscalização de rotina para garantir a segurança e saúde da população e que, caso constatado descumprimento de medidas estipuladas em decreto, tomara as medidas punitivas cabíveis.

Movimento

Os shopping centers de Cuiabá abriram suas portas, nesta quarta-feira (3), depois mais de mais de dois meses fechados como forma de prevenção ao coronavírus. Dentre as medidas estabelecidas pelo decreto municipal, está a aferição da temperatura de todos os clientes com termômetro infravermelho. Apesar de alguns clientes terem aguardado ansiosamente pelas 14 horas, quando seria permitida sua entrada, o movimento foi tímido neste primeiro dia, e algumas lojas, que ainda se adaptam ao 'novo normal', não conseguiram reabrir nesta mesma data. 

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade, a principal medida tomada foi a contratação de um serviço especializado em desinfecção. Além disso, equipamentos e produtos de higiene específicos serão utilizados a cada três horas em todo o empreendimento, principalmente nas áreas muito tocadas, como corrimãos, botões de elevadores, balcões e mesas, além dos banheiros, máquinas de autoatendimento e praça de alimentação.

Conforme nota do Shopping, restaurantes, sorveterias e cafeterias, não voltam atender neste primeiro momento de reabertura. Conforme o decreto, esses estabelecimentos serão liberados para funcionar a partir da próxima semana, incluindo os que possuem sistema self service, com capacidade reduzida a 50% e com o devido distanciamento entre as pessoas. Sistema delivery segue com atendimento normal, diariamente, das 10h às 22h.

Ao acessar o shopping, lojistas, colaboradores, fornecedores e clientes deverão usar máscaras e terão suas temperaturas corporais aferidas pelo termômetro digital infravermelho. Todos aqueles que registrarem mais de 37,8°C seguirão os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e não poderão acessar o complexo de lojas. Pontos de álcool em gel e espuma desinfetantes também ficarão à disposição dos clientes nos corredores do shopping.

O pacote de medidas ainda inclui o controle do fluxo de pessoas no empreendimento e a redução da capacidade de ocupação não apenas do shopping, mas também dentro das lojas. Outra medida contida no protocolo de prevenção é a manutenção da abertura das portas automáticas pelo modo manual para facilitar a renovação do ar. A higienização do filtro de ar-condicionado também vai ganhar reforço durante o período de retomada.

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Rafael
    08 Jun 2020 às 10:58

    Cadê a fiscalização nos ônibus????

  • Heráclito
    06 Jun 2020 às 09:05

    Agora que a fiscalização está levando o trabalho "à sério e honesto". Mesas e cadeiras impedindo passagem é o que tem. Na Getúlio Vargas, um estabelecimento passou mais de 40 anos abusando desse expediente. Salvem Mato Grosso.

  • Dudu
    05 Jun 2020 às 21:52

    Covid em país de terceiro mundo é engraçado demais

  • H alves
    05 Jun 2020 às 07:12

    So fazem enquanto a fiscalização ta la depois tão nem ai a única coisa que querem e as portas abertas .

  • Ana mari
    04 Jun 2020 às 22:42

    Não é por nada, mas se houvrsse uma fiscalização seria em Várzea Grande o shopping shopping já estaria fechado novamente. Tomara que aí em Cuiabá o pessoal seja mais consciente porque aqui está uma bagunça. Estão escondendo até casos de contaminados

  • Máscara
    04 Jun 2020 às 19:11

    E o tanto de logista sem máscara quando não tem cliente, e cliente consumindo alimentos dentro do shopping sem máscara. O povo é difícil!!!

  • Trabalhador
    04 Jun 2020 às 15:53

    Prefeito sei que não é fácil mas não é momento de abrir um conselho por favor fiscalização nas ruas põe fiscais nas ruas idosos na rua trabalhando e andando nas ruas e se o povo não tomar consciência vamos ter problemas.

  • Sil
    04 Jun 2020 às 15:00

    Para Loide...os lojistas cumprem sim, quem nao obedecem é a propria população...povo rebeldes sem causa, nao usam mascaras, nao lavam as maos e tem alguns que usam alcool pra nao estragarem as unhas, falo com conhecimento de causa.

  • Margarida Kellen
    04 Jun 2020 às 14:22

    Prefiro pedir via internet que pegar coronavirus.

  • Loide
    04 Jun 2020 às 13:52

    Povo não respeita nada. Duvido que esses lojistas vão cumprir tudo a risca. A pandemia vai ficar pior, e depois não vem chorar falta de leitos nos hospitais.

Sitevip Internet