Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de julho de 2020

Notícias / Ciência & Saúde

Segunda fase da pesquisa sobre COVID-19 do Ministério da Saúde começa nesta quinta

Da Redação - Bruna Bom

04 Jun 2020 - 11:25

Foto: Reprodução

Segunda fase da pesquisa sobre COVID-19 do Ministério da Saúde começa nesta quinta
Nesta quinta-feira (04) começará a segunda fase da pesquisa: Evolução da Prevalência de Infecção por Covid-19 no Brasil: Estudo de Base Populacional. Este estudo é apoiado financeiramente pelo Ministério da Saúde, coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), do Rio Grande do Sul e executado em campo pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). No estado de Mato Grosso, as cidades escolhidas para o estudo foram Cuiabá, Cáceres, Sinop, Barra do Garças e Rondonópolis.

Leia mais:
Mato Grosso registra 101 novos casos de Covid-19 em 24 horas


O Ministério da Saúde revela que os resultados da pesquisa serão utilizados para auxiliar na tomada de decisão, na definição de estratégias para diminuir a disseminação do novo coronavírus, na estimativa de recursos hospitalares necessários ao enfrentamento da pandemia em articulação com os gestores estaduais e municipais de saúde.

A segunda fase acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de junho e será realizada da mesma forma que a primeira: será aplicado um questionário sobre a existência de doenças preexistentes e possíveis sintomas da Covid-19 nos últimos 30 dias e realização de um teste sanguíneo rápido por punção digital.

No ofício, o Ministério explica que todos os indivíduos selecionados para a amostra do inquérito populacional serão informados sobre os objetivos do estudo, riscos e vantagens. Se houver qualquer desconforto, o participante poderá desistir a qualquer momento. O material e as informações só serão coletados após assinatura do termo de consentimento livre e informado. 

As pessoas testadas em campo terão um número de telefone celular registrado para que possam receber informação sobre o resultado do teste. Os casos positivos serão informados às Secretarias Municipais de Saúde e à Secretaria de Saúde do Distrito Federal para providências necessárias.

Para esclarecimentos de dúvidas, o Ministério disponibilizou seus contatos: assessoria técnica do Departamento de Saúde da Família no telefone (61) 3315-9044 ou por e-mail desf@saude.gov.br. O contato também pode ser feito com a coordenação da pesquisa em campo, pelos telefones (11) 3069-9502, 3335-8610,  3315-8583, 3315-8606, 3315.8610, bem como pelo 0800.8005000, ou  via e-mails pesquisa.covid-19@ibopeinteligencia.com  e pesquisa.covid-19@ufpel.edu.br. A Secretaria Municipal de Saúde reitera que  quaisquer dúvidas ou reclamações devem ser feitas através dos contatos acima.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet