Olhar Direto

Notícias / Política MT

Emanuel diz que não há expectativa para retorno das aulas em Cuiabá

Da Redação - Max Aguiar

05 Jun 2020 - 07:30

Foto: Reprodução

Emanuel diz que não há expectativa para retorno das aulas em Cuiabá
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), voltou a frisar que por enquanto não há nenhum tipo de previsão quanto ao retorno às aulas da rede municipal e particular das escolas da Capital. 

Leia mais:
Governador participou de pelo menos 10 eventos públicos antes de testar positivo para Covid-19

Segundo o prefeito, em entrevista à Rádio Natva FM, nesta quinta-feira (4), uma equipe técnica está todos os dias estudando os números crescentes da pandemia e isso faz com que qualquer tipo de decisão tomada seja embasada em dados. 

"Não há data para voltar as aulas da rede municipal ou privada. Por segurança, ainda continua indefinida. Ainda não está definido quem volta primeiro se são as escolas particulares ou municipal. Mas eu nãos eria irresponsável de voltar num período como esse", disse o prefeito. 

Emanuel ainda confirmou que as aulas podem inclusive não voltar, tendo em vista que vírus não tem uma cura. "Não sabemos se essa pandemia vai durar mais um mês, mais seis meses ou mais um ano. Podemos não ter volta às aulas. Por enquanto, estamos estudando todos os dias os números, junto com um comitê de estudos. Nada será feito com irresponsabilidade. Tudo tem uma avaliação para que qualquer decisão seja tomada em cima de estudos", disse o prefeito.

O gestor ainda enfatizou que está em contato constante com a categoria das escolas particulares e está muito triste com a situação financeira de todos. "Me corta o coraçãos saber que a pandemia está quebrando as unidade escolares particulares, mas não posso voltar os alunos numa situação como essa dos casos", completou o prefeito.  

Outro fator comentado na entrevista foi sobre a frota municipal do trânsporte coletivo. Segundo a Prefeitura, apenas 70% da frota segue rodando, mas Emanuel garantiu que em certos bairros a linha vai funcionar 100% em horários de pico. 

"Temos 70% da frota circulando e que roda com 50% da capacidade e a população usando máscaras. Em dias normais, antes da pandemia, 180 mil passageiros usam por dia no transporte coletivo. Ontem transportei 70 mil passageiros. Não há necessidade de elevar o número de carros. Pode ser que em alguns bairros e horários, uma lotação pode acontecer. Mas se for para proteger vidas, para não haver proliferção do vírus, está autorizado que a rota circule em 100%. Algumas linhas está autorizado a se reforçar com 100% da frota", comentou o prefeito.
 

16 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Yeda Fause
    06 Jun 2020 às 20:54

    Infelizmente as aulas não devem retornar! Certa sua atitude prefeito. Também tenho muita pena das escolas particulares, mas, essa doença vai tirar a vida de muitos de nós. Triste e real.

  • salva vidas
    06 Jun 2020 às 09:34

    fecha tudo, vamos lutar pela vida.atitude e ação vamos pra cima prefeito e governador o segredo do fracasso é querer agradar todo mundo. faça isso pelo futuro dos nossos filhos e netos.

  • Arruda
    06 Jun 2020 às 05:10

    Ta certo , nao deve voltar as aulas e academia. Pode aumentar mais, e risco muito grande para as criancas , adolescentee e adultos estudantes.

  • Raquel
    05 Jun 2020 às 18:56

    POR mim, as aulas nao voltariam mais esse ano no futuro, essa perda do ano letivo nao tera impacto negativo algum na vida profissional dos nossos filhos. Esse virus, sim, pode tirar o futuro das nossas criancas e jovens.

  • Carlos Silva pedra 90
    05 Jun 2020 às 15:41

    Suspensão do ano letivo. Junto com creches e academia, que são supérfluos.

  • Professor
    05 Jun 2020 às 11:51

    Primeiro as crianças podem ir no shopping? Nos restuadaes apartir do dia 06, no calçadão do centro lotado de gente... nos supermercados que parecem a 25 de março... mas não podem ir na escola ???? Me explique de forma coerente ?? Fora do fato de que as escolas particulares , as quais os pais não são obrigados a enviar seus filhos (mas devem ter o direito de enviar , pois pagam) tem totais condições de seguir os protocolos de saúde... Sabe oq é isso? Enfim esse é o famoso prefeito de um mandato só.... Vão explicar isso para os centenas de desempregados que por culpa do extremismo desse gestor estão literalmente passando fome. Sou servidor público, tenho meus ganhos assegurados por enquanto, mas aí contrario de alguns que só pensam no seu lado, estou extremamente triste com relato de pessoas Passando fome sem emprego por causa disto.

  • Mendes
    05 Jun 2020 às 11:22

    E o concurso sr. Emanuel,não vai chamar os aprovados????

  • moreira
    05 Jun 2020 às 11:18

    O Paletó com a responsabilidade legal que ganhou do STF, não fez uma campanha sequer para ensinar a população a ser rigida nos métodos de prevenção. Ainda, está com medo porque não construiu uma só UTI a mais com todo o dinheiro que recebeu. É uma vergonha e incompetência absoluta.

  • Pedro Henrique Carvalho Camargo
    05 Jun 2020 às 11:06

    isso é mentira! vc nao sabe de nada o prefeito já falou que as aulas das escolas particulares vai voltar dia 15 desse mes, vc quer ganhar dinheiro com essas FAKE NEWS!!!! PARAAAA UE TA FICANDO RIDICULA ESSA NOTICIAS FALSAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Prioridades
    05 Jun 2020 às 10:57

    Quando é pra abrir escolas não pode pq não podemos perder vidas, mas shoppings bares não vão tirar vidas neh. HIPOCRISIA. Agora com esse retorno e o caos que vai virar a aulas não retornam por muito tempo

Sitevip Internet