Olhar Direto

Notícias / Cidades

Mato Grosso registra 84 óbitos e tem novo aumento no número de pacientes que demandam UTI

Da Redação - Érika Oliveira

04 Jun 2020 - 18:24

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mato Grosso registra 84 óbitos e tem novo aumento no número de pacientes que demandam UTI
Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde notificou mais cinco mortes pela Covid-19 nas últimas 24h em Mato Grosso. Ao todo, 84 pessoas já perderam a vida por conta da doença no Estado. Subiu também o número de pacientes que demandam leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No momento, a taxa de ocupação é de 34,2% em leitos de UTI’s e de 8,5% em leitos clínicos.
 
Leia mais:
Mato Grosso registra 214 novos casos de Covid-19 em 24h e taxa de ocupação de UTI’s é de quase 30%
 
Até a tarde desta quinta-feira (04.06), 3.388 casos de Covido-19 foram confirmados no Estado. As cinco mortes mais recentes envolveram residentes de Cáceres, Confresa, São José dos Quatro Marcos, São José do Rio Claro e Pontes e Lacerda.
 
Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (975), Várzea Grande (324), Rondonópolis (253), Primavera do Leste (153), Tangará da Serra (152), Sorriso (134), Confresa (126), Lucas do Rio Verde (99), Barra do Garças (87), Sinop (83), Campo Verde (63), Pontes e Lacerda (61), Nova Mutum (51), Rosário Oeste (45), Jaciara (45), Alta Floresta (38), Cáceres (36), Peixoto de Azevedo (33), Sapezal (31) e Tapurah (30).
 
A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria.
 
Nas últimas 24 horas, surgiram 361 novas confirmações em Alta Floresta (1), Araputanga (1), Barra do Bugres (4), Barra do Garças (5), Cáceres (1), Campo Novo do Parecis (7), Campo Verde (14), Campos de Júlio (3), Confresa (21), Cuiabá (87), Itiquira (1), Jaciara (1), Lucas do Rio Verde (19), Marcelândia (1), Mirassol D’Oeste (3), Nossa Senhora do Livramento (5), Nova Mutum (16), Pedra Preta (6), Poconé (1), Pontes e Lacerda (15), Primavera do Leste (10), Rondonópolis (3), Santo Antônio do Leverger (1), São José do Povo (1), São Josér do Rio Claro (2), São José do Xingu (1), São José dos Quatro Marcos (3), Sapezal (5), Sinop (20), Sorriso (46), Tangará da Serra (8), Tapurah (14), Várzea Grande (25), Vila Bela da Santíssima Trindade (4), Vila Rica (2) e municípios de outros Estados (4).
 
O boletim ainda informa que, após investigação, houve a exclusão de dois casos do município de Dom Aquino por não atenderem aos critérios de caso confirmado para Covid-19. Além disso, uma notificação anteriormente contabilizada em Rondonópolis foi reposicionada para São José do Povo, município de residência do paciente.
 
Dos 3.388 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 2.018 estão em isolamento domiciliar e 1.065 estão recuperados. Há ainda 221 pacientes hospitalizados, sendo 124 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 97 em enfermaria.
 
No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 150 leitos de UTI e 733 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.
 
Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,6% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,4% masculino; além disso, 968 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 8.529 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 450 amostras em análise laboratorial.
 
Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.
 
 

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ila
    06 Jun 2020 às 06:54

    Fracamente, o que estão fazendo com a população é absolutamente um descaso! Todos os dias temos notícias negativas de óbitos e pessoas infectadas com o Convid 19. A Prefeita de VG escancarou os comércios, e o Prefeito de Cuiabá que dizia cuidar para que o vírus não propagasse, relachou por que? Tem caroço nesse angu!

  • Dejamir Soares
    05 Jun 2020 às 08:56

    Estão esperando o que para frear essa escalada...a continuar assim, em uma semana não teremos mais leitos de UTI público em Cuiabá e Vg.

  • DAILSON SOARES DE OLIVEIRA
    05 Jun 2020 às 04:40

    Alguém acertou,fazendo um trabalho que o regime ainda não fez,MATANDO UNS 30 MIL

  • joao
    04 Jun 2020 às 20:13

    EXISTE SERVIDORES DO GRUPO DE RISCO TRABALHANDO NO SISTEMA PENITENCIARIO POR DETERMINAÇAO DE DIRETORES, ALGUEM TOMA PROVIDENCIA POR FAVOR.

  • Bruno
    04 Jun 2020 às 20:07

    Então ta aumentando ...e quais as medidas os gestores municipais estão executando para barrar a propagação do vírus? Abertura de shopping, comércio, academia e outros que contribuem para aglomerações...Até quando vamos acreditar em demagogia

  • Margarida Kellen
    04 Jun 2020 às 19:30

    Emanuel é o pior prefeito da história de Cuiabá. Fechou o comércio quando tinha um infectado e abriu no pico.

Sitevip Internet