Olhar Direto

Notícias / Cidades

Reflexo da reabertura: curva de novas infecções por coronavírus volta a crescer em Cuiabá

Da Redação - Wesley Santiago

30 Jun 2020 - 17:00

Foto: Reprodução/Ilustração

Reflexo da reabertura: curva de novas infecções por coronavírus volta a crescer em Cuiabá
A curva de novos casos de coronavírus tem crescido bastante nos últimos dias em Cuiabá. Levantamento feito pelo Olhar Direto, com base nos dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) em seus boletins, mostra que o achatamento, que existia na chegada da doença na capital, já não existe mais. Enquanto isto, as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) começam a se esgotar. 

Leia mais:
Emanuel Pinheiro diz que está aberto para tratar de hospital de campanha com governador

O gráfico (veja no fim da matéria) mostra que nos últimos dias a curva tem dado um salto bastante grande. Somente do dia 23 para 24 de junho, foram registradas 218 novas infectações pelo coronavírus. Um dia antes, foram 184. 

Do dia 30 para 31 de maio, foram as 24 horas com o menor número de infecções, totalizando apenas 24 de um dia para o outro. 

Desde 18 de junho, em apenas um dia Cuiabá registrou menos do que 126 novos casos de Covid-19 por dia. De lá para cá, a curva continua em grande ascensão. Curiosamente, o período corresponde com a reabertura de diversos setores econômicos.

Vale lembrar que, a abertura gradual começou um pouco antes deste período, porém, existe um pequeno período de incubação do vírus, que demora alguns dias a se manifestar. Fora isso, também entra na conta a transmissão da Covid-19, que é extramemente alta. Com mais pessoas nas ruas, maior é a circulação do coronavírus.

De sábado (27) para domingo (28), foram 176 novos casos confirmados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). Nas 24 horas seguintes, mais 170 pessoas testaram positivo.

Vale lembrar que o número poderá ser bem maior, já que a capacidade de realização dos exames foi reduzida, com a não renovação do contrato entre o governo federal e a empresa que disponibiliza os equipamentos. Até o fim da tarde de ontem (29), 1.216 amostras aguaravam análise laboratorial.

Na última semana, a Justiça impôs o fechamento de todo serviço não essencial em Cuiabá e Várzea Grande, por conta do aumento no número de casos e mortes. A expectativa é que os resultados desta quarentena coletiva obrigatória comecem a ser visto apenas a partir da próxima semana.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (3.740), Várzea Grande (1.252), Rondonópolis (1.195), Sorriso (654), Primavera do Leste (606), Tangará da Serra (571), Lucas do Rio Verde (498), Nova Mutum (423), Sinop (392), Campo Verde (332), Pontes e Lacerda (315), Confresa (311), Cáceres (263), Barra do Garças (208), Campo Novo do Parecis (200), Colíder (181), Querência (177), Sapezal (169), Alta Floresta (152) e Nossa Senhora do Livramento (150).

Outro lado

Após a publicação da reportagem, a Gerência de Vigilância da Prefeitura de Cuiabá negou que o aumento do número de casos tenha relação com a flexibilização da quarentena decretada pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) no mesmo período.

De acordo com Flávia Guimarães, responsável pela Vigilância, levantamento realizado junto aos casos identificados na Capital indicam que "a maioria" das contaminações ocorreu em "churrasquinhos" e pelo descumprimento do distanciamento social. 

A gerente admitiu, no entanto, que a Vigilância não consegue apontar a origem de 100% dos casos notificados. 

"Temos que entender que o vírus não irá embora, nós vamos ter que aprender a conviver com ele. Então, é importante que as medidas de restrição levem isso em conta. Todos estaremos expostos ao vírus em algum momento, não podemos fechar o comércio inteiro por dois anos para evitar contaminação", pontuou.
 
 
NOVOS CASOS DE CORONAVÍRUS de Wesley Santiago Silveira

Novos casos / Data
31 /  30/mai
24 /  31/mai
48 /  01/jun
34 /  02/jun
59 /  03/jun
87 /  04/jun
62 /  05/jun
44 /  06/jun
131 /  07/jun
73 /  08/jun
47 /  09/jun
35 /  10/jun
96 /  11/jun
81 /  12/jun
113 /  13/jun
167 /  14/jun
33 /  15/jun
84 /  16/jun
80 /  17/jun
138 /  18/jun
82 /  19/jun
161 /  20/jun
199 /  21/jun
129 /  22/jun
184 /  23/jun
218 /  24/jun
126 /  25/jun
136 /  26/jun
176 /  27/jun
170 /  28/jun

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Nice
    30 Jun 2020 às 17:48

    Pq o futebol continua na capital? Não estava proibido no decreto!? O Cuiabá esporte club continua treinando normalmente! Cadê a fiscalização? Saúde em primeiro lugar, futebol pode esperar! Não custa nada parar por uns dias para ajudar a achatar a curva e em respeito aos mortos por causa da falta de leitos! Isso vale para todos os outros clubes e agremiações que estão tentando burlar a quarentena!

  • Eita
    30 Jun 2020 às 17:42

    Complexo

Sitevip Internet