Olhar Direto

Notícias / Política MT

Laudo técnico contratado por conselheiros aponta irregularidades em auditoria do TCE

Da Redação - Vinicius Mendes

30 Jun 2020 - 17:43

Foto: Reprodução

Laudo técnico contratado por conselheiros aponta irregularidades em auditoria do TCE
Os conselheiros afastados do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT), Carlos Novelli e Waldir Teis, contrataram uma auditoria para contestar a que foi feita por técnicos do TCE, que indicou superfaturamento de R$ 137 milhões em contratos de tecnologia de informação. O laudo contratado apontou irregularidades como especificidades singulares e diretrizes específicas que foram ignoradas.

Leia mais:
Defensoria pede indenização de R$ 100 mil a apresentador de TV após atos homofóbicos

A defesa de Novelli, patrocinada pelo advogado Diógenes Curado, afirmou que a auditoria feita pelo TCE não tem valor, já que não deu oportunidade de defesa. O novo laudo técnico-jurídico foi feito pelo advogado e perito em engenharia eletrônica  e tecnologia, Luis Eduardo Coimbra.

"Auditoria sem oportunidade de defesa em minha opinião não tem valor... é uma questão até constitucional... um direito fundamental, que as vezes as pessoas esquecem", defendeu Curado.

O laudo feito pelo TCE, a pedido da consehleira Jaqueline Jacobsen, apontou superfaturamento de R$ 137 milhões em contratos de tecnologia de informação. No entanto, ele teria ignorado especificidades singulares e diretrizes específicas de contratos que envolvem tecnologias.

A auditoria contratada ainda apontou que a Representação de Natureza Interna produzida pela conselheira Jaqueline Jacobsen foi superficial e alegou falhas na operação do sistema, porém não apresentou laudo pericial das máquinas que rodam o software.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dalto
    30 Jun 2020 às 19:15

    casa dos horrores, vergonha

  • Moacir
    30 Jun 2020 às 18:36

    Tribunal de contas deve ser extinto. Dê ao MP suas atribuições. A economia do país/Estado, agradece.

Sitevip Internet