Olhar Direto

Notícias / Cidades

MT quebra recorde pelo segundo dia consecutivo e registra 39 mortes por Covid-19 em 24h

Da Redação - Érika Oliveira

30 Jun 2020 - 19:25

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

MT quebra recorde pelo segundo dia consecutivo e registra 39 mortes por Covid-19 em 24h
No momento em que atinge 92,5% de ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que tratam a Covid-19, Mato Grosso registra 39 mortes por conta da doença em um único dia. É o maior número já notificado até o momento. Ao todo, o Estado acumula 629 óbitos e 16.304 casos confirmados da infecção.
 
Leia mais:
Reflexo da reabertura: curva de novas infecções por coronavírus volta a crescer em Cuiabá
 
As 39 mortes mais recentes envolveram residentes de Alta Floresta, Matupá, Cuiabá, Juína, Cáceres, Várzea Grande, Rondonópolis, Nova Mutum, Barra do Garças, Tangará da Serra e Jaciara.
 
Dos 16.304 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 9.189 estão em isolamento domiciliar e 5.891 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 222 internações em UTI e 278 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 92,5% para UTIs e em 40,8% para enfermarias.
 
Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (3.964), Várzea Grande (1.322), Rondonópolis (1.215), Sorriso (689), Primavera do Leste (636), Tangará da Serra (599), Lucas do Rio Verde (541), Nova Mutum (454), Sinop (413), Pontes e Lacerda (378), Campo Verde (339), Confresa (313), Cáceres (277), Barra do Garças (209), Campo Novo do Parecis (207), Colíder (206), Querência (201), Sapezal (175), Alta Floresta (158) e Alta Floresta (158).
 
Nas últimas 24 horas, surgiram 979 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas três ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, um caso anteriormente notificado em Sorriso foi reposicionado para Sinop, município de residência do paciente.
 
Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49% masculino; além disso, 4.396 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 19.109 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.420 amostras em análise laboratorial.
 
 

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dudu
    01 Jul 2020 às 20:56

    Aos seguidores do animal de nove dedos, falem mau do Bolsonaro, só não o chamem de corrupto!

  • mateus
    01 Jul 2020 às 15:20

    cade o povo do pt zada pra ajudar.

  • Dudu
    01 Jul 2020 às 13:10

    Pedro, o povo do Bozo está trabalhando, solto por aí, já a minoria da esquerda ou está presa, roubando ou fumando maconha em universidades federais!

  • Amando Talose
    01 Jul 2020 às 11:49

    Segundo OSMAR TERRA PLANA(bolsonarista negacionista) a pandemia no Brasil acabou ontem dia 30 de junho. É assimque funciona, BOLSONARO GRIPEZINHA 60.000 mortos e sem nenhuma coordenação nacional que caberia ao "presidente". A única coisa que ele faz é se preocupar com o mandato e seus filhos bandidos. DIZ que mandaram milhões, mas é só FAKENEWS

  • Juca
    01 Jul 2020 às 08:10

    Isso era o óbvio, pois sabíamos que mês de junho e julho são s mais frio do ano em MT e com isso teríamos complicações respiratórias nesses meses e agora junto com o COVID, bingo. Taí o resultado . E cade os milhões que o governo federal mandou para construir leitos, UTI e testes. Nada. Mais de 100 dias e nada, como prevenir a população precocemente com medicamentos se não estão fazendo testes em massa na população. Quanta incompetência dos nosso gestores da saúde.

  • Mulher ma
    01 Jul 2020 às 07:52

    Olha ai Adiantou quarentena e lockdown? Adiantou fechar tudo? Adiantou obrigar mascara e alcool gel? Nada segurou e nem vai segurar essa doenca chinesa. Quanto mais fica em casa Mais morrem e nao vai parar de crescer.

  • Vai com Deus
    01 Jul 2020 às 06:19

    Grave, cadê o sus, os governantes, os seus assessores, mp, assembleia judiciário, tce. cadê o dinheiro que estava aqui, que veio para aqui cadê os exames em massa, os medicamentos que estão salvando milhares de vida pelo mundo,? Mandaram o povo trabalhar, mas não deram transporte adequado, não higienizaram os locais público de grande circulação, não fizeram o dever do estado brasileiro. tem que serem responsabilizados por essas mortes, pois é por negligência, roubos, ingerência.... Tem o dinheiro, é inadmissível desculpa do tipo que não comprar por medo de superfaturamento, existe lei e o governo pode retirar impostos, pressionar para baixar preço e mandar prender se estiver superfaturado. Governos frouxos.

  • Pedro
    30 Jun 2020 às 23:32

    Cade o povo do bozo?

  • Bruno
    30 Jun 2020 às 21:02

    Com esse lockdown faz de conta...pessoas não estão respeitando e falfiscalização

  • Carlos Silva
    30 Jun 2020 às 20:33

    Cel Sales ou alguém da Polícia, na rua pedra preta CPA 2 até pipas estão soltando em pleno pico de mortes coronavirus. Uma viatura vigiando aqui pelo amor de Deus!

Sitevip Internet