Olhar Direto

Terça-feira, 04 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

Criminosos mortos pela Rotam na 'Estrada do Manso' são identificados

Da Redação - Fabiana Mendes

01 Jul 2020 - 15:38

Foto: Divulgação - PMMT

Criminosos mortos pela Rotam na 'Estrada do Manso' são identificados
Os quatro criminosos mortos por policiais do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), foram identificados pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), em Cuiabá. São eles: Cleberson Rodrigues Marques Silva, 31 anos, que já foi preso por matar duas travestis, Cleber Neves Andrade, 31 anos, José Carlos Fernandes Dumont, 25 anos, e João Vitor Chaves, de 19 anos. Eles seriam moradores da região da Morada da Serra na Capital. 

Leia mais:
Criminoso morto no Manso tinha envolvimento no assassinato de duas travestis

O episódio foi registrado tarde de terça-feira (30), na MT-351, conhecida como Estrada do Manso, que liga Cuiabá ao lago do Manso, em Chapada dos Guimarães. Apenas um dos suspeitos baleados pela Polícia Militar não tinha passagens criminais. Os crimes relacionados aos outros são furto, posse ilegal de arma de fogo, homicídio e receptação. 

Conforme boletim de ocorrência, os policiais da Rotam tinham informações sobre criminosos armados em um Onix. Eles estariam se deslocando para a Usina Hidrelétrica do Manso para praticar roubo.

Perto de um campo de golfe na MT-351, a PM teria emitido sinais luminosos e sonoros, mas os suspeitos não pararam. Sendo assim, teve que interceptar o veículo. O B.O diz ainda que os policiais pediram para que eles saíssem do carro com as mãos na cabeça, mas eles teriam esboçado reação e apontado armas para os militares.
 
Com isso, os policiais atiraram contra os cinco criminosos e mataram quatro deles. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou o sobrevivente ao Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, onde se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Cinco armas de fogo foram apreendidas. As famílias das vítimas foram chamadas na manhã desta quarta-feira (1), para fazer reconhecimento dos corpos. O caso é investigado pelo delegado da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Olímpio da Cunha.
 

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • SECULT
    03 Jul 2020 às 21:00

    PRECISA ACABAR com esses escapamentos BARULHENTOS desses motoqueiros rapidamente... Quero Caféééééé éééééééé....

  • Joyce Melo
    02 Jul 2020 às 22:25

    A policia ta passando da hora de cancelar os CPFs de muitos bandidos..... A policia agiu certo.... bandido é bandido... Quando sai pra praticar crimes.... saem ja cientes que podem morrer...assim como podem matar. Nesse caso, a policia so se antecipou.... Matou 4 bandidos, antes que eles matassem ate 4 trabalhador.... e pior... ainda vao dar leito no hospital, para uma praga dessa. Tirar a vaga de alguem que esteja muito precisando.. nesse momento caótico na saude.... Viva.... a ROTAM Parabéns a esses maravilhosos policiais.... tirou 4 bandidos de circulação....

  • muito louco
    02 Jul 2020 às 10:57

    Se toda vez que a Policia deparasse com meliantes e agissem dessa forma a cidade do silencio ficaria lotada.

  • paula
    02 Jul 2020 às 08:52

    Certeza que arranca um trabalhador até do respirador pra socorrer essas "vitimas da sociedade" tenho uma sugestão pra essa comissão de direitos a bandidos: comprem com seus dinheiros equipamentos hospitalares, incluindo respiradores, arranjem espaços em suas casas, coloquem esses anjinhos com todo os cuidados e fiquem vcs que tanto os defendem cuidando 24 horas, dando até comidinha na boca dessas vítimas! ora faça me o favor, são uns vermes que estão dispostos a matar qualquer cidadão do bem, que trabalham pro sustento das famílias, enquanto os pais de familia são assassinados, ficam as viúvas e filhos dos mesmos desamparados, sem ter como conseguir sustento, se vão pra cadeia (aliás hotel) no Brasil é hotel pra esses nojentos, tem salário todo mês, alimentação 3 a 4 vezes ao dia, caminha quentinha, até décimo terceiro como se fossem trabalhadores! ou seja: nós do bem temos deveres e esses malas diteitos! tudo invertido, eu particularmente não suporto essa comissão de "direitos humanos" que só funciona pra defender bandidos! trabalhadores que se danem para eles!

  • Oto
    01 Jul 2020 às 20:51

    nós somos covardes mesmo. adoramos e aplaudimos quando a polícia mata mas deve ser muito ruim se for algum parente.

  • Igor rezende
    01 Jul 2020 às 18:34

    O que me deixa mais P... é que esse tipo de gente tem prioridade nos hospitais, eles são colocados a frente de TODOS!!! Eu ja trabalhei em hospital e sei bem como é.

  • Robson
    01 Jul 2020 às 18:30

    Parabéns a rotam, velo trabalho

  • Luiz Sousa
    01 Jul 2020 às 18:15

    Alô bandidos, vão p Alô criminosos, procurem outros Estados para morarem e deixem Mato Grosso em paz.

  • Julião Petruquio
    01 Jul 2020 às 17:38

    So acho errado um vagabundo desses ainda tomar vaga de uma pessoa de bem que precisa de uma UTI.

  • Fernanda Vasconcelos
    01 Jul 2020 às 17:01

    Uai.... já encontraram UTI? Pode furar a fila??

Sitevip Internet