Olhar Direto

Terça-feira, 04 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

“Falei que não queria que minha filha crescesse sem pai”, diz esposa de morto em confronto com Rotam

Da Redação - Fabiana Mendes

02 Jul 2020 - 11:24

Foto: Divulgação - PMMT

“Falei que não queria que minha filha crescesse sem pai”, diz esposa de morto em confronto com Rotam
A esposa de João Vitor Chaves, de 19 anos, morto em confronto com policiais do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), se manifestou nas redes sociais com uma publicação em que conta um pouco do relacionamento de ambos. Entre outras coisas, ela relata que pediu para o jovem “sair dessa vida”.

Leia mais:
Criminosos mortos pela Rotam na 'Estrada do Manso' são identificados

A publicação foi feita no perfil do Facebook de João Vitor e está acompanhada de um vídeo com várias fotos do casal e da filha. “Hoje eu recebi a pior notícia meu amor, que você tinha me deixado. Eu pedi tanto a Deus que cuidasse de você”, lamenta a jovem, que não teve o nome revelado.
 
“Vou sentir muito sua falta. Eu sei que agora vou ter que ser forte por nossa filha. Vou ser mãe e pai dela e dar todo amor que ela merece. Preto, eu não sei se vou conseguir, mas sei que você está do meu lado, como sempre esteve, amor. Eu falei tanto para você sair dessa vida, nego. Tanto que eu falei que não queria que minha filha crescesse sem pai, e olha agora, amor”, completa.


 
João morreu junto com Cleberson Rodrigues Marques Silva, 31 anos, que já foi preso por matar duas travestis, Cleber Neves Andrade, 31 anos, e José Carlos Fernandes Dumont, 25 anos. Eles seriam moradores da região da Morada da Serra na Capital. 
 
O episódio foi registrado tarde de terça-feira (30), na MT-351, conhecida como Estrada do Manso, que liga Cuiabá ao lago do Manso, em Chapada dos Guimarães. Apenas um dos suspeitos baleados pela Polícia Militar não tinha passagens criminais. Os crimes relacionados aos outros são furto, posse ilegal de arma de fogo, homicídio e receptação. 
 
Conforme boletim de ocorrência, os policiais da Rotam tinham informações sobre cinco criminosos armados em um Onix. Eles estariam se deslocando para a Usina Hidrelétrica do Manso para praticar roubo.

Perto de um campo de golfe na MT-351, a PM teria emitido sinais luminosos e sonoros, mas os suspeitos não pararam. Sendo assim, teve que interceptar o veículo. O B.O diz ainda que os policiais pediram para que eles saíssem do carro com as mãos na cabeça, mas eles teriam esboçado reação e apontado armas para os militares.
 
Com isso, os policiais atiraram contra os cinco criminosos e mataram quatro deles. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou o sobrevivente ao Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, onde se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Cinco armas de fogo foram apreendidas. As famílias das vítimas foram chamadas na manhã desta quarta-feira (1), para fazer reconhecimento dos corpos. O caso é investigado pelo delegado da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Olímpio da Cunha.

35 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • junior
    03 Jul 2020 às 13:17

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Isadora
    03 Jul 2020 às 12:38

    Vc agora é pai e mãe dessa criança . O melhor exemplo de vida é ensinar a ela não andar no msm caminho do pai . A vida é feita de escolhas: Vc planta e colhe !!

  • Fabiane
    03 Jul 2020 às 11:38

    Fico felicíssima quando a polícia faz uma limpa dessa! Quem se envolve com bandido, sabe muito bem no que está se metendo, não adianta chorar. Uma pessoa de bem, teria vergonha de dizer que era familiar de um bandido.

  • PAGADOR DE IMPOSTOS
    03 Jul 2020 às 11:11

    ENQUANTO A EDUCAÇÃO NÃO FOR AMPLA E DE QUALIDADE AS CRIANÇAS E JOVENS OS PRESÍDIOS ESTARÃO CADA DIA MAIS CHEIOS ,OS CORRUPTOS DESVIAM OS RECURSOS E A LEI É FROUXA

  • Roberto rezende
    03 Jul 2020 às 10:12

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Daniele Lima
    03 Jul 2020 às 09:21

    De que adianta ter pai vivo, se o pai é péssimo exemplo?

  • José eduardo
    03 Jul 2020 às 09:17

    Que exemplo um ladrão desse podia dar a filha???? Sorte dela ele ter ido pro colo do capeta. Agora ela pode arrumar outro ladrão ou traficante, pq tem mulher que gosta de bandido, e logo já faz filho do mala. Gosta de receber o produto do roubo, nem questiona de onde veio o dinheiro ou as joias. Vida louca

  • PRIME
    03 Jul 2020 às 09:09

    Bom dia! E PORQUE ela FOI se envolver com o VAGABUNDO? SE não QUERIA ver a FILHA sem PAI?

  • Lopes
    03 Jul 2020 às 07:52

    Aqui se faz e aqui se paga. Muitas famílias vítimas desse criminoso tb choraram quando tiveram seu lar violado, bens subtraidos ou vidas tomadas. Quando ele gastava o dinheiro dos outros com festa e folia tudo era alegria na casa dele .E não se enganem, família de bandido sabe exatamente o que ele faz e de onde vem o dinheiro que gasta. Colheu o que plantou e que arda no mármore do inferno.

  • Luís
    02 Jul 2020 às 22:42

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet