Olhar Direto

Quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Notícias / Política MT

Governo se compromete a entregar mais 94 UTIs e garante custeio de outras 159

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

03 Jul 2020 - 16:53

Foto: Maros Vergueiro/Secom-MT

Governo se compromete a entregar mais 94 UTIs e garante custeio de outras 159
O Governo do Estado se comprometeu a entregar mais 20 leitos de enfermaria e 94 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em todas as regiões de Mato Grosso até o final do mês de julho, além de custear outras 159 UTIs que os municípios se comprometeram a abrir.
 
Leia também
Mauro diz que decreto de Emanuel é confuso e vê pouco efeito em novo toque de recolher
 

A confirmação foi feita pelo governador Mauro Mendes (DEM) nesta sexta-feira (3), em entrevista à TV Centro América, e está contida no planejamento da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) entregue ao Poder Judiciário.
 
Além dos leitos construídos pelo próprio Executivo, o Governo tem tralhado em conjunto com os municípios. Na baixada cuiabana, já foram criadas 80 novas UTIs nos últimos meses (50 no Hospital Estadual Santa Casa e 30 no Metropolitano) e a previsão é de entregar mais 50 nas próximas semanas (20 na Santa Casa e mais 30 no Metropolitano).
 
“O prefeito de Cuiabá assumiu o compromisso de abrir 30. Se ele abrir as 30 dele e nós abrirmos mais essas 50, resolve em parte o problema da Baixada Cuiabana”, afirmou.
 
No interior, o trabalho também tem se intensificado com novos leitos nos hospitais regionais, contratações de leitos em hospitais filantrópicos e as parcerias com as prefeituras para abertura de UTIs em unidades de saúde municipais.
 
“Temos 159 a serem abertas no interior, nessa parceria do Governo do Estado com os municípios. Os municípios tomam as providências e o Governo do Estado paga a conta junto com o Governo Federal. São R$ 2 mil por leito, por dia. Temos esse planejamento em várias cidades, Confresa, Nova Mutum, Sinop, Tangará, e muitas outras”, relatou.
 
Ainda na entrevista, Mendes falou da dificuldade para a contratação de equipes de saúde para que as UTIs possam funcionar.
 
“O nosso maior problema hoje é a dificuldade de contratação de pessoal. Colocamos um edital público para chamar 50 médicos, 300 enfermeiros, maqueiros, assistentes sociais e estamos tendo dificuldade para encontrar. Subimos o preço, elevamos o patamar salarial e demos ampla publicidade a isso. Estamos fazendo todo o esforço possível”, reforçou.
 
O governador também orientou a população a procurar ajuda médica já nos primeiros sintomas de covid-19, atitude que tem salvado muitas vidas.
 
Mendes registrou que o Governo do Estado está comprando medicamentos para distribuir aos municípios, de forma a possibilitar que os pacientes, assim que diagnosticados, possam receber a medicação adequada e tratar a doença já no início, aumentando as chances de cura.
 
“Hoje muitas pessoas ficam em casa, ignoram os sintomas e aí só quando está grave é que procuram o hospital. Quando chega, já está com o pulmão comprometido e aí é muito tarde, e lamentamos muito.  Por isso a importância do tratamento precoce”, explicou.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Juscelino Alves Ferreira
    03 Jul 2020 às 23:24

    Sou técnico em enfermagem e digo, não adianta montar UTI de não está tendo profissional de saúde preparado para o trabalho neste setor. Quero dizer mais, tem muitos pacientes indo a óbito devido a não ter esses profissionais preparados!

  • PEPEU
    03 Jul 2020 às 22:17

    Não necessitamos de promessas. Necessitamos de honestidade. Se tivesse feito o dever de casa, não estaríamos na condição atual.

  • Evando
    03 Jul 2020 às 20:30

    SR. GOVERNADOR, há pessoas morrendo de falta de ar em filas de UTI. O Sr. foi eleito para prever essa situação e se preparar. Daqui semanas,.centenas de pessoas terão falescido de forma desesperadora aguardando leito. Arrume UTI para agora. Cumpra sua responsabilidade, homem.

Sitevip Internet