Olhar Direto

Notícias / Cidades

Após apelo, idosa morre de coronavírus esperando por UTI em Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Jul 2020 - 11:49

Foto: Reprodução

Imagem divulgada pela família

Imagem divulgada pela família

Luciana Gomes de Souza, de 76 anos, morreu no último sábado (4) em decorrência do novo coronavirus (Covid-19). Ela estava na Unidade de Pronto Atendimento do Pascoal Ramos, aguardando por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Mesmo com uma liminar, da justiça, no entanto, ela não conseguiu ser internada e faleceu.

Leia também:
Com Covid-19, produtor de eventos Derica Flash Back é internado na UTI após decisão judicial
 
O caso foi divulgado pelo deputado estadual Eliseu Nascimento (DC) em suas redes sociais, em um vídeo. Na última sexta-feira (3), o filho de Luciana, Mario Carioca, publicou um áudio de sua mãe clamando por ajuda. “A moça disse que aqui não tem condições de cuidae de de mim, pelo quadro da minha saúde”, dizia a mulher.
 
“Ela é mãe de Mario Carioca, que lutou desde o princípio... lutou bravamente e buscou uma liminar da justiça, e mesmo com a liminar não concedida a transferência de sua mãe. Eu disse, o que posso fazer é simplesmente clamar nas minhas redes sociais”, afirmou o deputado.
 
O filho de Luciana chegou a fazer um apelo, perguntando onde estavam os doze leitos que o Governo do Estado disse que estavam disponíveis. “Gente, por favor, a coisa é muito séria. Peço ajuda de vocês que possam divulgar esse vídeo”, disse Mario.
 
Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Cuiabá, até a manhã de sábado (4) havia 58 pessoas aguarando por leitos de UTI na capital. Leia a nota:
 
A Secretaria Municipal de Saúde informa:

-Todas as unidades da Atenção Secundária (UPAs e Policlínicas) estão lotadas de pacientes com suspeita e confirmados com COVID-19.
-A Central de Regulação faz o possível para conseguir UTIs para os pacientes que precisam.
-Existe uma fila com pessoas aguardando UTIs, inclusive com liminares.
-Até às 8h deste sábado, havia 58 pessoas aguardando vaga de UTI.
-A Prefeitura tem a previsão de abrir mais 20 leitos de UTI na próxima semana, no Hospital de Referência. Após a abertura destas UTIs serão montados outros 20 leitos, totalizando 40 novas UTIs. Está aguardando apenas a chegada das bombas de infusão, que já foram compradas.                                                  
-O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam todas as vidas ceifadas por esta doença tão terrível.

18 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • LUNETA
    06 Jul 2020 às 16:16

    Pedro, vc tem livre arbítrio de gostar ou não de uma pessoa, no caso, o ataque que faz ao Presidente Bolsonaro. Mas cá prá nós, vc não acha que o governo federal não está fazendo a sua parte? só prá Prefeitura de Cuiabá, segundo a mídia, foram repassados mais de 41 milhões de reais, além da ação emergencial do repasse de R$600,00 a nível de Brasil. Se o governo tivesse em mãos erradas, o caos seria mais catastrófico. Aceita que dói menos.

  • Pedro
    06 Jul 2020 às 09:51

    Agora os bozominios não negam mais a pandemia. Simplesmente colocam nas costas de outros! Toda a classe política tem culpa no cartório! Mas a maior vem de cima!!

  • Luis Flávio
    06 Jul 2020 às 08:21

    Todos têm parcela de culpa, governantes pela falta de comprometimento em fazer o que era pra ser feito lá no começo do ano mas as festividades do carnaval era mais importante que o investimento em saúde pública a população por não cumprir o que é pedido nos decretos enquanto cada qual não se tornar responsável pela sua verdadeira conduta a morte irá continuar acontecendo e as mentiras também pois se for colocar no papel tem defunto aí que não foi pelo convid-19. Morte no Brasil hoje é lucrativo para os cofres públicos.

  • Ggm
    06 Jul 2020 às 08:15

    E culpa dos gestores sim, os recursos vieram bem antes do colapso. E não fizeram nada só um culpando o outro, vai chover de ação pra cima deles futuramente. E vidas se perdendo .

  • Fabi
    05 Jul 2020 às 21:19

    Andam nesses bairros que ignorância da população ficam passeando sem máscara, saindo para casa dos vizinhos para fofocar parece que estão com formigueiro. Mulherada vão caçar o que fazer em casa. Os corruptos desses políticos tem culpa sim, a maior parte são deles, mais se vcs não se cuidares nós que vamos morrer e eles vão ficar aí roubando

  • Xomana
    05 Jul 2020 às 21:00

    Maitê Siqueira, você esta coberta de razão, o povo que vota em corrupto e nega a pandemia também são responsáveis pelo colapso na saúde!

  • Inês Regina
    05 Jul 2020 às 19:04

    Os dirigentes têm culpa sim, assim como grande parte da população, que desafia a doença, fazendo aglomeração, visitinha pra vovó no final de semana, usando máscara na boca, e por aí vai. Essa gente relaxada acha que liminar é garantia de vaga, mas não é! Depois vem chorar, fazer escândalo em UPA, culpar esse ou aquele. Façam sua parte, seus sacrifícios, ajam com respeito ao próximo, pra não chorar depois o leite derramado.

  • Reinaldo
    05 Jul 2020 às 18:18

    Se os Deputados doarem metade dos 165 mil reais que recebem de verba indenizatória não daria para ajudar o governo? não seria mais coerente que ficar se promovendo com a desgraça alheia nas redes sociais? Este Deputado está somente a serviço dos Policiais Militares e dos servidores públicos, acorde povão.

  • Carlos Antonio Macedo Filho
    05 Jul 2020 às 16:05

    Xas campada. Deixa eu explicar uma coisa: Voce pode abrir UTIs, fazer hospital de campanha, Criar leitos e mais leitos, mas detalhe:NÃO TEM PROFISSIONAIS - MÉDICOS INTENSIVISTAS, ENFERMEIROS, E MESMO MÉDICOS NÃO INSNTIVISTAS - SEM EXPERIÊNCIA EM UTIS, QUERENDO IR PARA A LINHA DE FRENTE. Acorda bando de besta. Fica em casa. Culpar gestores é fácil. Pode fazer o que for, se a população não entender o que está acontecendo, e não estão entendendo, vai continuar morrendo gente, e muita gente inocente (não todos, afinal, muita gente que não respeita o isolamento social e uso obrigatório de máscaras depois vai com cara de bunda para as UPAs e prontos atendimentos. Quanto ao presidente, segue quem quer. Cada um responde por si. Simples assim.

  • Maitê Siqueira
    05 Jul 2020 às 15:37

    Xomana, seus comentários falham. Nem na Suécia teria UTI suficiente para este povo mal educado sem máscara. Não jogue culpa em terceiros . Povo anda sem máscara, idosos VÃO no Supermercado como se fosse shopping. POVO não aprende com amor? Será pela dor da perda.

Sitevip Internet