Olhar Direto

Notícias / Política MT

Mato Grosso deve receber R$ 50 milhões de auxílio do Governo Federal para artistas e setor cultural

Da Redação - Max Aguiar

11 Jul 2020 - 16:46

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Mato Grosso deve receber R$ 50 milhões de auxílio do Governo Federal para artistas e setor cultural
O Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer de Mato Grosso (Secel) espera receber R$ 50 milhões destinados par músicos e artistas do estado até o final desse mês. Isso porque a lei sancionada pelo presidente não estipulou um prazo de pagamento do auxílio para a classe. 

Leia mais:
Rondonópolis paga UTIs da Covid-19 do próprio bolso para não receber pacientes de outras cidades

Segundo aprovado pelo presidente Jair Bolsonaro no final de junho, o objetivo é ajudar profissionais da área e os espaços que organizam manifestações artísticas que, em razão da pandemia do novo coronavírus, foram obrigados a suspender os trabalhos.

O texto aprovado pelo Congresso define ainda que caberá à União repassar, em parcela única, os R$ 3 bilhões a estados e municípios. Mato Grosso deve ter R$ 25 mi para o estado e mais R$ 25 milhões divididos entre os 141 municípios.

A lei ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao compositor e escritor que morreu em maio, vítima do coronavírus. O governo de MT ainda não sabe o dia que o pagamento será depositado na conta do estado e dos municípios, mas enquanto isso os artistas já estão sendo cadastrados. 

O projeto também prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para os artistas informais, a exemplo do auxílio emergencial pago a trabalhadores informais. O setor emprega mais de 5 milhões de pessoas.

De acordo com a Secretaria-Geral os artistas vão poder usar o dinheiro "como subsídio mensal para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições organizações culturais comunitárias". Também vão poder usar o dinheiro para editais, chamadas públicas, prêmios e aquisição de instrumentos. Além disso, linhas de créditos também devem ser abertos para o setor cultural, conforme medida autorizada pelo Ministério da Economia. 

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Realista
    12 Jul 2020 às 08:36

    A realidade é a mesma de sempre.. dinheiro jogado no lixo em epocas de pandemia. Mesmo antes da pandemia sempre as mesmas pessoas que sugam dinheiro da cultura com projetinhos de beia de esquina e levam muito dinheiro... Tem muita gente grande envolvida .. e ja estao de olho na grana.. seja eles da AL com empresas ligadas ao Bot.. e outros da cultura.. malandragem total..

  • Ozzy
    11 Jul 2020 às 19:51

    Artista em Mato Grosso? Kkkkkkkkkkkkkkkk meu Deus....

Sitevip Internet