Olhar Direto

Sexta-feira, 07 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

MT registra 40 mortes em 24h e e se aproxima de mil óbitos por Covid-19

Da Redação - Érika Oliveira

09 Jul 2020 - 21:40

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

MT registra 40 mortes em 24h e e se aproxima de mil óbitos por Covid-19
Mato Grossou registrou 40 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, o Estado acumula desde o início da pandemia 961 óbitos em decorrência da doença. Em um único dia, foram 1.617 novas confirmações do coronavírus. Já são 26.396 casos ao todo.
 
Leia mais:
Mato Grosso tem 1.305 novos casos e 26 mortes por Covid-19 em 24h
 
As 40 mortes mais recentes envolveram residentes de Cuiabá, Pontes e Lacerda, Várzea Grande, Sinop, Alta Floresta, Poconé, Rondonópolis, Nossa Senhora do Livramento, Campinápolis, Cáceres, Poxoréu, Campo Novo do Parecis, Porto Esperidião, Lucas do Rio Verde, Sorriso e Colíder.
 
Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (5.920), Rondonópolis (1.973), Várzea Grande (1.964), Sorriso (1.192), Lucas do Rio Verde (1.131),  Tangará da Serra (1.027), Primavera do Leste (1.004), Sinop (800), Nova Mutum (655), Pontes e Lacerda (608), Campo Verde (472), Cáceres (455), Colíder (368), Barra do Garças (352), Confresa (349), Sapezal (327), Campo Novo do Parecis (325), Querência (292), Peixoto de Azevedo (288) e Matupá (272).
 
Nas últimas 24 horas, surgiram 1.617 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas 25 ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, três casos anteriormente notificados em Tangará da Serra foram reposicionados para Nova Marilândia; e outro de Cuiabá foi corrigido para Várzea Grande. As mudanças consideraram o município de residência dos pacientes.
 
Dos 26.396 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.036 estão em isolamento domiciliar e 11.660 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 240 internações em UTI e 381 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 98,4% para UTIs e em 55,9% para enfermarias.
 
Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 48,7% masculino; além disso, 7.073 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 27.455 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.398 amostras em análise laboratorial.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Gregório
    10 Jul 2020 às 07:16

    Esses 13.036 estão em isolamento mesmo? será? Essa é a pergunta que faço, se estão, então pq de tanto aumento dos casos?

  • Luisa Marilac
    10 Jul 2020 às 03:19

    Essa doença é terrível. Vc puxa ar e não entra. Ninguém pode te visitar, não têm UTI. Não saia de casa. Não deixem crianças empinando pipas. Crianças se corrigem com correia.

  • Gripezinha
    09 Jul 2020 às 22:42

    O Brasil é uma vergonha. Mato Grosso foi um dos estados que mais votou no M1nto. E agora já estamos quase 2 meses sem ministro da Saúde. No meio de uma pandemia o Brasil não tem um médico pra dizer quais os rumos Tocar, o presidente tá mais preocupado em divulgar fake news na internet do que salvar vidas de brasileiros. O estado está esquecido, MM só pensa na relação de amor e ódio que tem com paletó. Mato Grosso vai chegar a mil mortes e nada vai ser feito, a tendência é só piorar. Reflexo de um país esquecido e de um estado mais esquecido ainda. Tempos sombrios vivemos.

Sitevip Internet