Olhar Direto

Sexta-feira, 07 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

Professora da UFMT é encontrada morta com corte na cabeça no Alphaville

Da Redação - Érika Oliveira

15 Jul 2020 - 23:29

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Professora da UFMT é encontrada morta com corte na cabeça no Alphaville
Uma professora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), identificada como Andreia Bonfante, foi encontrada morta dentro da residência onde morava no condomínio Alphaville 2, no bairro Jardim Itália, em Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, a vítima tinha um corte profundo na cabeça e estava sozinha na casa.
 
Leia mais:
Em depoimento, adolescente afirma que “pode ter apertado gatilho” de arma que matou amiga
 
Informações preliminares dão conta de que Andreia estaria com Covid-19 e tratando da doença em casa. Ao Olhar Direto, a PM disse que ainda não há confirmação de que ela estaria infectada e que equipes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Mato Grosso, além de profissionais do Instituto Médico Legal (IML), devem fornecer mais informações sobre o caso, em breve.
 
A princípio, a suspeita é de que a professora tenha sofrido um acidente doméstico. As investigações sobre o caso deverão ser conduzidas pela Polícia Judiciária Civil (PJC).
 
Nova tragédia
 
Esta é a segunda tragédia em menos de uma semana nos condomínios Alphavilles, região nobre e que abriga casas de luxo na Capital. No domingo (12), a jovem Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, morreu com um tiro na cabeça, efetuado pela amiga ao manusear uma pistola PT 380, dentro do condomínio Alphaville I.
 
Segundo informações da Polícia Judiciária Civil, por volta das 22h30 Isabele já foi encontrada sem vida no banheiro da casa. A amiga informou à Polícia que efetuou o disparo acidentalmente contra a colega.
 

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Cuiabano com casa com quintal e pé de manga, curumbatá
    17 Jul 2020 às 18:22

    Joga sal grosso e tchama o professor franco do comerciá da radio cultura, ele mata a cobra e mostra o pau

  • Giupna
    17 Jul 2020 às 06:08

    Liana Regonat, como temos um incompetente/genocida na presidência que deveria ter enfrentado o vírus desde o começo e não o fez pior ainda sempre atrapalhou, estados e municípios tomaram a frente com aval do STF, simples assim.

  • Eita
    16 Jul 2020 às 18:52

    A galera do alphaville precisar da uma defumada, uma benzida nessas casas. Credo.

  • Freud explicah
    16 Jul 2020 às 12:30

    Deus me livre desse condomínio. Deixa eu aqui no pedra 90 mesmo.

  • Liana Regonat
    16 Jul 2020 às 12:14

    Tanta ignorância ! !O vírus chegou da China desde o carnaval ! O STF confirmou que COVID ficaria por conta de cada Estado,! Cada um tem que se cuidar para não infectar se e não trasmitir para outro ,Culpe os chineses e aqueles que festejaram o carnaval para que os turistas deixassem dinheiro ! Deu no que deu!

  • Ozzy
    16 Jul 2020 às 11:53

    Super sincero, é isso mesmo, qual o problema? Vcs sofrem de " síndrome de vira lata" só pode ser!!

  • Secult
    16 Jul 2020 às 11:52

    Caso vocês não saibam, ali funcionou por longo período - logicamente isso data de mais de 100 anos, um cemitério, onde inúmeras pessoas foram enterradas com cerimônias fúnebres. Eu de fato acredito que há algo pairando nesses condomínios.

  • Super sincero
    16 Jul 2020 às 11:44

    Mais uma fatalidade A mídia segura a língua quando se trata de condomínio de luxo. Se a fatalidade do alpha vile 1 fosse em algum bairro periférico estaria falando de uma incrível irresponsabilidade dos pais em manter uma arma dentro de casa e que tudo isso deve a liberação de porte e blá blá blá. Mas foi no "ALPHA VILLE" aí as coisas mudam né. Sobre a fatalidade de hoje se não fosse no mesmo condomínio condomínio porém o 2 e fosse em um bairro de classe média baixa a reportagem seria mais uma suspeita de feminicidio. Complicado essa diferença. Vamos melhorar as manchetes de maneira geral. Porque ou vc entra imparcial não divulga.

  • Bainho
    16 Jul 2020 às 09:16

    Pessoas após certa idade se acidenta normalmente em casa. E se estiver sozinha o risco da fatalidade é maior.

  • Carlos
    16 Jul 2020 às 09:12

    Gripezinha, valeu Bolsonaro suas mãos estão sujas de sangue.

Sitevip Internet