Olhar Direto

Terça-feira, 04 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

Coronavírus: 30% dos pacientes internados precisaram ser encaminhados para UTI

Da Redação - Fabiana Mendes

02 Ago 2020 - 08:31

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Coronavírus: 30% dos pacientes internados precisaram ser encaminhados para UTI
Informe Epidemiológico sobre a Covid-19 aponta que 30% dos pacientes internados em Cuiabá precisaram de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os dados são levantados semanalmente pela Secretaria Municipal de Saúde com apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e tem como objetivo monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave - SRAG pelo SARS-Cov-2 em residentes no município.

Leia mais:
Técnico de enfermagem de 22 anos morre vítima da Covid-19

Desde 1º de abril a 25 de julho estiveram internados 1.501 indivíduos residentes em Cuiabá e desses, 63% haviam se recuperado e recebido alta até 25 de julho. Cerca de 35% das internações ocorreram em hospitais públicos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, metade (44,6%) dos leitos eram pactuados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para o atendimento a pacientes da doença. A taxa de permanência hospitalar entre aqueles que já receberam alta ou foram a óbito foi de 8,7 dias com tempo mínimo de 1 dia e máximo de 77 dias e mediana 7 dias; contudo, entre aqueles que ainda permaneciam internados em 18 de julho, a taxa é de 9,3 dias (1 a 89 dias) e mediana 7 dias. O intervalo entre o início dos sintomas e a internação foi de 6,9 dias.

Entre todos os pacientes internados, 30,2% ocuparam leitos de UTI desde o momento de internação até a alta/óbito. No momento da internação 40,5% precisaram de leitos de UTI, tendo ocorrido melhora de alguns que, posteriormente, foram transferidos para leitos de enfermaria.

Entretanto, entre os pacientes que internaram em leitos de enfermaria (893), 13,8% necessitaram ser transferidos para leitos de UTI durante a internação. Fizeram uso de ventilação 336 indivíduos, sendo que à internação somente 183 necessitaram desse procedimento e, desses 88% permaneceu usando até a alta ou óbito.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • trabalhador
    02 Ago 2020 às 10:31

    lendo esta matéria vejo que as pessoas ainda não se conscientiza do grande risco precisamos de mas amor de se colocar no lugar do outro e saber que estamos lidando com um virus invisivel que mata que destroem familia senhores autoridades momento de pumiçoes mas severas fiscalizações para evitar estas aglomerações.

Sitevip Internet