Olhar Direto

Quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Novos casos de coronavírus diminuem 23% de uma semana para outra em Cuiabá

Da Redação - Fabiana Mendes

07 Ago 2020 - 11:03

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Novos casos de coronavírus diminuem 23% de uma semana para outra em Cuiabá
Cuiabá apresentou uma redução em novos casos de coronavírus. Até 01 de agosto, foram notificados 11.686 casos em residentes em Cuiabá. Na última semana foram 802 casos notificados, verificando-se redução de cerca de 23% (181), quando comparado com a semana anterior.

Leia mais:
Bebê xavante morre logo após o parto; mãe estava com Covid-19

Os dados fazem parte do Informe Epidemiológico da Secretaria de Saúde de Cuiabá, com apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso, com o objetivo de monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave - SRAG - pelo SARS-Cov-2 em residentes no município.

A redução de novos casos notificados (SE 30: 983; SE 29: 1.250; SE 28: 1.227; SE 27: 1.417; SE 26: 1.879) tem sido verificada sistematicamente desde a SE 26 (21 a 27 de junho), na qual havia sido observado o maior número de casos notificados semanalmente desde o início da epidemia. Mesmo com essa redução, no último mês (05 de julho a 01 de agosto) foi registrado 36,5% do total de casos notificados de COVID-19 desde 14 de março.

Nesta semana epidemiológica (SE 31) foram 114,6 casos novos notificados diariamente, valor inferior aos das últimas quatro semanas (SE30: 140,4/dia; SE 29: 178,6/dia; SE 28: 175,2/dia).

Do total de casos da doença em residentes em Mato Grosso (53.151), 22% foram de residentes na capital; esse índice se mantém nas últimas semanas, mas se mostra inferior ao observado no início da epidemia no estado: em 18 de abril, cerca de um mês após o primeiro caso confirmado, Cuiabá concentrava 64% dos casos da doença no estado.

A taxa de incidência (1.902,7 casos/100.000 habitantes) cresceu quando comparada com a da semana passada (1.772,1) e manteve-se mais elevada que a taxa em Mato Grosso (1.538,3/100.000 habitantes), porém com aumento proporcional muito inferior, tendo em vista que no estado o crescimento, na última semana, foi de 22,9% e na capital, 7,4%.

No Brasil, a taxa foi menor que a da capital e do estado (1.288,6). Tais informações sobre a incidência reforçam sobre o processo de interiorização dos casos de COVID-19 e a manutenção do crescimento mais acentuado nos municípios do interior de Mato Grosso.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet