Olhar Direto

Segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Mulher de 46 anos é assassinada pelo ex-companheiro com tiro de espingarda

Da Redação - Max Aguiar

13 Ago 2020 - 08:40

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Mulher de 46 anos é assassinada pelo ex-companheiro com tiro de espingarda
Um homem de 42 anos foi preso em flagrante por matar a ex-companheira com tiros de espingarda, tipo cartucheira, na noite de quarta-feira (13), em Guarantã do Norte (distante 735 km de Cuiabá). Conforme os vizinhos, a vítima chegou a pedir clemência para não morrer, mas não adiantou de nada. 

Leia mais:
Namorado de adolescente diz que case estava fechado e não havia munição na arma

Por volta das 20h55, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência, onde um homem teria disparado duas vezes contra uma mulher. Isso ocorreu no bairro Jardim Vitória, próximo ao CTG da cidade. 

O boletim de ocorrência indica que a vítima, identificada como Carla Andreia Monteiro, 46 anos, estava se preparando para fugir do local e das ameaças do companheiro, quando o assassino chegou. 

Uilson Morete Rodrigues, 42 anos, chegou na casa de Carla armado com uma espingarda e forçou o cadeado para entrar. Já dentro da residência, ele atirou na porta e depois entrou no quarto. "Antes de matar ele disse: É Carla, um dia te amei" e depois atirou novamente contra a mulher. 

O corpo de Carla foi encontrado em cima da cama, com o ferimento no tórax. Ela estava com bolsas e malas prontas para fugir. Inclusive, estava vestida e com sapatos. O que indica que ela estava quase de saída quando foi abordada pelo atirador. 

O crime de feminicídio se comprova quando vizinhos da vítima citam que o homem era muito violento com Carla e que na semana passada, inclusive, ela tentou se matar usando uma gilete.

Os policiais conseguiram prender o autor do crime e com ele a espingarda utilizada no feminicídio. O caso passa a ser trabalhado pela Polícia Civil da cidade de Guarantã, sob o comando do delegado Geraldo Gezonni. 

O corpo de Carla foi levado ao IML e posterior aos exames de necropsia será liberado para os procedimentos fúnebres.  

Comentários no Facebook

Sitevip Internet