Olhar Direto

Terça-feira, 20 de outubro de 2020

Notícias / Variedades

Olhar Direto passa a contar com ferramenta tecnológica de inclusão social em matérias

Da Redação - Wesley Santiago

02 Set 2020 - 10:46

Foto: Olhar Direto

Olhar Direto passa a contar com ferramenta tecnológica de inclusão social em matérias
Olhar Direto passa a contar em seu portal com uma nova ferramenta tecnológica de inclusão social por meio de áudio. Em parceria com a startup Audima, agora os leitores poderão ouvir as matérias clicando no botão de play localizado no início dos textos das matérias.

Leia mais:
Diretora do Olhar Direto recebe homenagem por apoio ao turismo de Mato Grosso

Com a nova ferramenta, o ouvinte ainda tem a opção de avançar ou retroceder e também acelerar ou reduzir a velocidade de leitura para que a experiência seja mais confortável.

O recurso lê a matéria com voz humanizada criada através de inteligência artificial e não há necessidade de instalar programa ou qualquer outra software. Ele carrega automaticamente em todos os navegadores, tanto no desktop, como em tablets e celulares. 

Além disso, com a nova funcionalidade, os textos podem ser consumidos de maneira mais prática por quem gosta de se informar a caminho do trabalho ou enquanto realiza outras atividades. 

Segundo o último Censo do IBGE, o Brasil tem cerca de 35 milhões de habitantes com baixa ou média visão, mais de 47 milhões com presbiopia, a famosa vista cansada, e aproximadamente 56 milhões de analfabetos e analfabetos funcionais.

Além disto, conforme a Associação Brasileira de Dislexia, 10% da população brasileira é acometida por este transtorno de aprendizagem, que é caracterizado pela dificuldade de leitura.

A parceria tecnológica com a Audima, empresa responsável, permite que pessoas com dificuldades de visão ou leitura se apropriem das informações publicadas. “A palavra inclusão abraça mais pessoas, o áudio vai muito além do universo do deficiente visual - cerca de 35 milhões de brasileiros - e contempla também pessoas que têm outras dificuldades de leitura como um idoso ou até mesmo um analfabeto funcional - um a cada quatro brasileiros”, explica Luiz Pedroza, co-fundador da empresa. 

Luiz, que integra a lista da Forbes Under 30 na categoria ‘Terceiro Setor e Empreendedorismo Social’, conta que a ideia de criar a start up surgiu por uma necessidade da sua irmã e sócia, Paula Pedroza, que sempre aprendeu melhor ouvindo do que lendo. 

De acordo com o editor-chefe do Olhar Direto, Lucas Bólico, a ferramenta representa mais um importante passo sentido à inclusão de grupos que não podem ficar à margem da sociedade. “Possibilitar o acesso à informação rápida, precisa e de qualidade a mais pessoas é caminhar para a ampliação da democracia. É com o jornalismo profissional que criamos uma massa crítica na sociedade. E precisamos buscar mecanismos para que todos sintam-se integrados no ambiente digital”. 

A parceria reforça ainda o apoio à Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146), gerando maior integração digital e atingindo uma nova audiência que passará a ter um acesso ao conteúdo.

Outras iniciativas de acessibilidade já se faziam presentes no site, como a customização do tamanho do texto e a opção de alto contraste nas páginas.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet