Olhar Direto

Sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Médico tenta matar o próprio filho adotivo no Boa Esperança e é preso pela Polícia Militar

Da Redação - José Lucas Salvani

15 Set 2020 - 11:22

Foto: Reprodução / PMMT

Médico tenta matar o próprio filho adotivo no Boa Esperança e é preso pela Polícia Militar
Um médico, de 65 anos, foi preso no bairro Boa Esperança, em Cuiabá, após tentar matar seu filho adotivo na noite desta segunda-feira (14). Conforme informações da Polícia Militar de Mato Grosso, o pai alegou que usou a arma para se defender, mas que caiu e disparou acidentalmente.

Leia também:
Mulher ameaça matar pai e briga com irmã; ambas são presas

A própria vítima solicitou os policiais e informou que estava escondida no banheiro depois que o pai atirou em sua direção durante uma discussão. O filho queria vender um HD externo, mas o pai foi contra, o que gerou a briga entre os dois e a tentativa de homicídio. 

Em determinado momento, o filho ameaçou quebrar um tablet. Foi nessa hora que pai sacou a arma e disparou em sua direção. O tiro não atingiu o filho, porque ele saiu correndo, mas acertou uma porta.

Em depoimento a PM, o suspeito disse que estava usando a arma, um revólver calibre 38, para se defender. Na versão do médico, o filho exigiu o HD externo para vender em um site online e quando lhe foi negado passou a fazer ameaças com o tablet. Assim, o pai pegou a arma, mas ao manuseá-la caiu e disparou acidentalmente.

O médico alega que o revólver tem registro, mas não apresentou o documento. Ao fazer checagem, a polícia constatou que a arma estava registrada, mas não foi possível confirmar o nome. Por isso, a arma foi apreendida junto de duas munições deflagradas e cinco intactas, além de uma espingarda de pressão encontrada quarto do suspeito.

O suspeito foi encaminhado a delegacia para confecção do boletim de ocorrência e outros procedimentos padrões. O caso será investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC).

Atualizada às 12h07.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet