Olhar Direto

Sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Após recuo de Pivetta, partido de Sachetti anuncia apoio à candidatura de Coronel Fernanda

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

15 Set 2020 - 14:52

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

Após recuo de Pivetta, partido de Sachetti anuncia apoio à candidatura de Coronel Fernanda
O Partido Republicano Brasileiro (PRB), que conta em suas fileiras com senador Flávio Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro, filhos do presidente Jair Bolsonaro, fechou apoio à candidatura da Coronel Fernanda (Patriota) ao Senado Federal, em eleição suplementar que será realizada no dia 15 de novembro.
 
Leia também
Taques responde às críticas de Mendes e diz que "fez tudo que podia enquanto governador"

 
A convenção do Republicano foi realizada na manhã desta terça-feira (15), na sede da sigla, em Cuiabá. O presidente estadual da legenda, ex-deputado federal Adilton Sachetti, confirmou durante o evento.
 
“Como não estamos candidato, dentro da filosofia do Republicano quem melhor se adéqua a uma coligação é a Coronel Fernanda, por isso, nós estamos com ela”, disse Sachetti, que foi candidato ao Senado, em 2018, e teve mais de 330 mil votos. Em seu discurso ele fez elogios ao perfil da candidata, que tem o apoio do presidente da República Jair Bolsonaro.
 
“É uma pessoa íntegra, é uma pessoa muito humilde, que traz na sua história trabalho, dedicação, uma história de vida aqui no Mato Grosso. Veio referendada pelo presidente Bolsonaro para substituir uma mulher que aqui estava, e ela vem como uma referência muito boa. Ela conhece o estado para representar e por sua formação acadêmica e tem um preparo para decisões que ela vai tomar no Senado. Nosso partido vai estar junto com ela, à disposição dela para fazer a campanha. Eu acredito na vitória, algo novo para estado de Mato Grosso”, afirmou.
 
A militar que estava presente agradeceu o apoio do Republicano e comentou que seria importante, neste momento, que a direita se unisse em torno de um único objetivo que é ajudar Bolsonaro no Congresso Nacional.
 
“Estou muito feliz com o apoio do Republicano. O partido, que conta com Flávio e Carlos Bolsonaro, filhos do presidente, estará junto com a gente nesta difícil caminhada. Agradeço também o presidente estadual Adilton Sachetti, que viu em nosso nome, projeto do nosso presidente da República na campanha ao Senado, uma esperança de ajudar o nosso presidente no Congresso Nacional”, disse.
 
O Republicano ainda conta seis prefeitos, sete vice-prefeitos, sessenta e dois vereadores e um deputado estadual Valmir Morreto (PRB), ressaltou a importância do Republicano estar mais próximo do presidente Jair Bolsonaro.
 
“Acredito que esta postura de hoje engrandece ainda mais o nosso partido. Acho que isso é uma atitude de crescimento partidário”, salientou.
 
Adilton Sachetti chegou a manifestar o desejo de se candidatar a vaga deixada pela senadora cassada Selma Arruda (Podemos), mas recuou do projeto para apoiar o ex-pré-candidato Otaviano Pivetta (PDT), que também desistiu.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet