Olhar Direto

Sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Com MDB na suplência, Fávaro admite apoiar Emanuel mesmo com governador no palanque

Da Redação - Arthur Santos da Silva/ Do local - Max Aguiar

15 Set 2020 - 19:29

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Com MDB na suplência, Fávaro admite apoiar Emanuel mesmo com governador no palanque
Pré-candidato ao cargo de senador na eleição suplementar, Carlos Fávaro (PSD) confirmou José Lacerda (MDB) como seu segundo suplente. Lacerda se junta a Margareth Buzetti (PP), que já estava definida como primeira suplente. A composição com o MDB pode fazer com que Fávaro apoie Emanuel Pinheiro (MDB) na disputa ao cargo de prefeito da Capital. Se concretizada, a junção Fávaro e Emanuel refletirá em Mauro Mendes (DEM).
 
Leia também 
Mendes ataca candidatura de Emanuel: 'se ele não tem vergonha na cara, o povo de Cuiabá tem'


O governador Mauro Mendes declarou apoio a Fávaro na convenção realizada pelo Democratas durante a noite de segunda-feira (14). Na ocasião, a sigla definiu que Júlio Campos está liberado para ser o primeiro suplente na chapa ao Senado encabeçada por Nilson Leitão (PSDB). Coma liberação de Campos, Mendes também tem liberdade para apoiar Fávaro.
 
Ocorre que até a noite de segunda não havia a definição de que um membro do MDB, partido do prefeito Emanuel Pinheiro, seria suplente de Fávaro. Para complementar o cenário, o candidato ao Senado não descartou apoiar Pinheiro. “Eu vou seguir a orientação do diretório municipal do PSD”, afirmou.
 
Caso o diretório municipal do PSD defina apoio a Emanuel Pinheiro e Fávaro cumpra a promessa de acompanhar a decisão da convenção, caberá a Mauro Mendes avaliar se mantem apoio.
 
Como prova da péssima relação ente Mendes e Pinheiro, o governador partiu para o ataque durante a noite de segunda-feira, afirmando que o prefeito está envolvido em casos de corrupção.  

“Tem aí vídeos que mostram esquema de corrupção, recebendo dinheiro. São imagens que chocaram o Brasil. Chocou as pessoas que são sérias. Ele teve três secretários afastados da prefeitura por corrupção. Precisa dizer mais alguma coisa? Pelo amor de Deus, não tem cabimento um negócio desses. Três secretários. Ele está envolvido em esquema de corrupção”, afirmou Mauro Mendes.

Base
 
A base do prefeito Emanuel Pinheiro na Câmara de Vereadores de Cuiabá participou de uma reunião na sexta-feira (11) para firmar apoio à candidatura de Carlos Fávaro  ao Senado. O encontro suprapartidário contou com a presença de Misael Galvão (PTB), Adevair Cabral (PTB), Luis Claudio (Progressistas), 
 
O momento
 
Sem se importar com picuinhas políticas entre seus possíveis apoiadores, Carlos Fávaro fez questão de exaltar as alianças firmadas. “Muito feliz com as composições que fizemos e ampliamos nesse período. Tenho certeza que a população vai compreender a grandeza e a capacidade que temos para continuar no Senado. Revitalizados, tenho certeza que vamos vencer as eleições”.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet