Olhar Direto

Sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Roberto França defende retomada do VLT: 'não podemos jogar na lata do lixo'

Da Redação - Arthur Santos da Silva/ Do local - Max Aguiar

20 Set 2020 - 16:02

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Roberto França defende retomada do VLT: 'não podemos jogar na lata do lixo'
Pré-candidato ao cargo de prefeito da Capital, Roberto França (Patriota) já adiantou uma se suas principais propostas: a conclusão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). As obras do VLT, modal que modernizaria a mobilidade urbana na Grande Cuiabá, começaram em 2012, mas pararam em 2014 e desde então os trilhos se deterioram. O projeto previa 22 quilômetros divididos em dois trajetos, com orçamento inicial de R$ 1,4 bilhão.

Leia também
França afirma que não vai entrar em briga de Mauro com Emanuel e vê Bolsonaro como carro-chefe da campanha

 
“Eu continuo defendendo que nós temos que concluir o VLT, afinal já se gastou R$ 1 bilhão e nós não podemos jogar na lata do lixo. Eu quando fui prefeito tive a oportunidade inclusive de ir ao Rio de Janeiro me reunir com um grupo chinês que naquela oportunidade já pensava em ter o VLT”, afirmou Roberto França.
 
Na última semana, o candidato confirmou Marcelo Bussiki como vice indicado pelo Democratas. Apesar do apoio sinalizado pelo grupo do governador Mauro Mendes, França salientou que não vai entrar em briga com o provável candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB). O comunicador e político garantiu ainda que a figura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é o carro-chefe se sua campanha.
 
“O governador pode ter as questões pessoais dele contra o prefeito Emanuel Pinheiro, mas isso não vai influenciar na minha campanha, nós vamos ter uma linha de conduta na campanha, que vamos dançar conforme a música. A princípio apresentando propostas, no transcurso da campanha, do jeito que vier nós vamos responder à altura. Agora, o governador tem interesse ganhar, por isso acredito que ele vai entrar de corpo e alma”, explicou.
 
Atualmente o GT Mobilidade Cuiabá, projeto criado no âmbito da Secretaria Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos, do Governo Federal, tem a responsabilidade de estudar e analisar as alternativas de solução ao Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande.

O governador Mauro Mendes também deve se manifestar sobre o assunto até o fim do ano.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet