Olhar Direto

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Internada com Covid-19, mãe de primeira-dama abre os olhos após mais de dois meses na UTI

Da Redação - Wesley Santiago

21 Set 2020 - 16:40

Foto: Reprodução/Facebook

Internada com Covid-19, mãe de primeira-dama abre os olhos após mais de dois meses na UTI
A mãe da primeira-dama de Mato Grosso Virgínia Mendes, Euridice Gomes da Silva, abriu os olhos pela primeira vez após mais de dois meses internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ambas testaram positivo para o novo coronavírus e travam batalha contra a doença. A notícia foi divulgada nas redes sociais.

Leia mais:
Primeira-dama testa positivo para Covid-19 e cumpre isolamento em casa
 
“Pra Deus nada é impossível. Ele é o Senhor de tudo. Recebemos a notícia maravilhosa que minha mãe abriu os olhos, depois de mais de dois meses de UTI. Um milagre, uma benção, só tenho a agradecer primeiramente a Deus, depois a todos que estão sempre em oração pela recuperação dela.  Aos médicos, enfermeiros e todos da equipe que estão cuidando dela”, disse a primeira-dama.
 
Ainda não há previsão de quando a mãe de Virgínia terá alta do hospital. Conforme ela, os próprios médicos tratam o caso como um milagre. “Muito, muito obrigada, tenho certeza que toda essa energia boa está chegando até ela, até nossa família. Seguimos com fé e esperança de que ela vai continuar melhorando e evoluindo”.
 
“Deus está no comando. A todos que estão passando e enfrentando essa doença não percam a fé e a esperança na vitória. Gratidão a todos pelas orações. Peço que continuem orando e pedindo pela recuperação da minha mãe, para que ela saia do hospital”, finalizou.
 
Em 16 de setembro, o Governo do Estado informou que a primeira-dama Virginia Mendes testou positivo para Covid-19. Segundo informações da assessoria de imprensa, a primeira-dama está bem, cumprindo isolamento social em casa, e receberá todos os cuidados e acompanhamentos necessários por ser transplantada renal.
 
Esposo de Virginia, o governador Mauro Mendes testou positivo para Covid-19 ainda em junho. O democrata esteve em isolamento domiciliar por 11 dias, período iniciado quando descobriu que havia sido infectado.
 
O governador não sentiu  sintomas, mas foi submetido a exames que identificaram a infecção após manter contato com pessoas que também tinham testado positivo para a Covid-19.
 
Após o tratamento contra a Covid-19, Mauro Mendes foi internado com pneumonia  no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A internação ocorreu em agosto.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet