Olhar Direto

Sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Notícias / Política MT

Emanuel diz que críticas de Bezerra foram injustas: ‘Emanuelzinho é jovem, mas não é criança’

da Redação - Isabela Mercuri

23 Set 2020 - 15:38

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Emanuel diz que críticas de Bezerra foram injustas: ‘Emanuelzinho é jovem, mas não é criança’
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), candidato a reeleição em Cuiabá, rebateu as críticas do líder do MDB em Mato Grosso, Carlos Bezerra, em relação à candidatura de seu filho, Emanuel Pinheiro Neto (PTB), o ‘Emanuelzinho’, à prefeitura de Várzea Grande, dizendo que o correligionário foi injusto e que seu filho “é jovem, mas não é criança”.

Leia também:
Bezerra sobe o tom e diz que Emanuel está sendo ganancioso em lançar filho em VG: 'é loucura'

Bezerra chegou a afirmar que Emanuel foi ganancioso ao lançar sua candidatura na capital e a do filho em Várzea Grande, e que isso era ‘loucura’. Na tarde desta quarta-feira (23), o prefeito disse que ‘já conversou’ com Bezerra e se resolveu, que inclusive o admira, mas que ele foi injusto.

“Não existe no meu histórico político ganância, arrogância ou coronelismo”, afirmou. “O Emanuelzinho é jovem mas não é criança, tem 25 anos de idade e é deputado federal, tem direito de tomar decisões e fazer seus projetos descolado do pai”, completou. Emanuel também comparou o feito com o lançamento de Kalil Baracat, filho de Nico Baracat, também à prefeitura de Várzea Grande.

“Houve uma decisão partidária eu não sou do PTB, sou do MDB”, completou o prefeito. “Vou podar meu  filho, que está liderando a pesquisa, com que direito? Que direito um pai tem de podar?”, questionou.

Emanuel lembrou que, no início, houve uma conversa sobre “colocar Cuiabá em uma possível negociação” com esta candidatura, mas que ele negou. “Cuiabá é inegociável”, teria dito. “Nada tenho a ver com isso, por isso considerei injustas as declarações de Bezerra, mas já está superado”, finalizou o prefeito.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet