Olhar Direto

Terça-feira, 27 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Indígena morre com tiro na clavícula durante suposta caça em floresta

Da Redação - José Lucas Salvani

25 Set 2020 - 09:24

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Indígena morre com tiro na clavícula durante suposta caça em floresta
Uma mulher indígena, identificada como Marinalva Zaquimae Carezomae, de 33 anos, morreu com um tiro de espingarda durante uma suposta caça, em Barra do Bugres (a 175 km de Cuiabá), nesta quinta-feira (24). Segundo uma testemunha, seus parentes confundiram a vítima com um animal e efetuaram o disparo que atingiu sua clavícula.

Leia também:
Motociclista morre ao fazer ultrapassagem e colidir em carreta

Conforme consta no boletim de ocorrência, a vítima deu entrada no pronto-socorro de Barra do Bugres já morta. No local, os policiais ouviram o motorista da ambulância que a trouxe. Ele relatou que foi socorrê-la a 15 km da região indígena Piapó, dentro das terras da aldeia Umutina.

Na aldeia, alguns indígenas se apresentaram como seus parentes, incluindo um que disse ser seu marido, e explicaram o que aconteceu. Em sua versão, o grupo estava caçando quando confundiu a vítima com uma caça. Foi feito apenas um disparo de uma arma de fogo calibre .22 que atingiu a clavícula de Marinalva.

Quando o boletim de ocorrência foi confeccionado, os policiais ainda não tinham identificado os suspeitos. O caso será investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC).

Comentários no Facebook

Sitevip Internet