Olhar Direto

Domingo, 25 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Prefeito de Leverger foi denunciado pelo próprio irmão e teria desviado recurso com ajuda da sogra

da Redação - Isabela Mercuri / Max Aguiar

25 Set 2020 - 09:38

Foto: Reprodução

João Bosco e Valdirzinho

João Bosco e Valdirzinho

João Bosco Carvalho, irmão do prefeito de Santo Antônio do Leverger (33 quilômetros de Cuiabá), Valdir Pereira Filho (o Valdirzinho) foi quem denunciou o chefe do Executivo municipal ao Ministério Público. A denúncia era de que o prefeito realizava desvio de recursos públicos com ajuda de sua própria sogra, a comerciante Luciane Ferreira de Araújo, secretária de Gestão do Município.

Leia também:
Gaeco cumpre mandados contra prefeito por suspeita de fraudes em licitações e contrato

A sogra teria pago R$ 20 mil oriundos de propina da Prefeitura a João Bosco, a mando do prefeito Valdirzinho. Em 2019, João já havia denunciado esquemas de seu irmão pelo Facebook. Informações divulgadas pela imprensa à época davam conta de que os irmãos chegaram a brigar e chegar às vias de fato antes de João Bosco fazer a denúncia no Facebook.



Nesta sexta-feira (25), o Gaeco cumpriu mandato de busca e apreensão tanto na Prefeitura de Leverger quanto nas Secretarias de Gestão, Fazenda e Educação do município. A busca é realizada pelo Núcleo de Ações Competência Originária (NACO) do Ministério Público Estadual, sob o comando do promotor Domingos Sávio, do Gaeco.

Não houve busca e apreensão na casa de ninguém. o prefeito está na zona rural, e ainda não se pronunciou. Ainda está sendo avaliada a possibilidade de exoneração da sogra do prefeito, a secretária Luciane Ferreira de Araújo. As informações foram confirmadas pelo secretário de Comunicação do município, Marcos Felipe, ao Olhar Direto.

O prefeito da cidade, Vadirzinho, está com os direitos políticos cassados. Ele teve as contas de 2018  reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), e se tornou inelegível pelos próximos oito anos. No entanto, não foi cassado porque tem maioria na Câmara de Vereadores.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet