Olhar Direto

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Presidente da Câmara classifica ação do Gaeco em Leverger como 'ato de justiça'

Da Redação - Max Aguiar

25 Set 2020 - 11:48

Foto: Reprodução

Presidente da Câmara classifica ação do Gaeco em Leverger como 'ato de justiça'
O presidente da Câmara de Santo Antônio de Leverger, vereador Dudu Moreira (PP), classificou como um ato de justiça a ação do Gaeco nesta  manhã de sexta-feira (25), para cumprir ordens de busca e apreensão em quatro  secretarias e na prefeitura da cidade. 

Leia também:
Prefeito de Leverger foi denunciado pelo próprio irmão e teria desviado recurso com ajuda da sogra

Conforme e entrevista de Dudu ao Olhar Direto, o prefeito Valdir Pereira Filho, o Valdirzinho (PSD) não cumpre regras simples da gestão na cidade e inclusive está fazendo farra com dinheiro público contratando novos funcionários em período eleitoral, o que é proibido, para garantir que essas pessoas apoiem seus candidatos na eleicao deste ano.

"Antigamente não tinha servidor na cidade. Hoje tem quatro guarda para cada prédio público. Isso é apenas um exemplo. Tem desvio de dinheiro que a Câmara ja investigou e denunciou e agora a justiça está sendo feita. O prefeito atual destruiu nossa cidade. Até dinheiro que veio pra tratar a Covid ele usou para a campanha de sua vice que será candidata a Prefeita". 

Dudu ainda lembrou que com o período de pandemia os vereadores firmaram um acordo com o prefeito para que toda sexta-feira ele apresentasse documentos que comprovassem os gastos com o dinheiro público. 

"Ele fez isso só no começo. Depois começou a esconder. Não justificava. Não comprovava e nos denunciamos.  Hoje teve a operação. Aqui tem muita falcatrua. Ele avisou que comprou respirador, que alugou ambulância.  Nada disso tem aqui. O resto o Gaeco vai descobrir. A cidade de Leverger precisa ser passada a limpo", concluiu o presidente.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet