Olhar Direto

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Quadrilha que vendia tinta falsificada com valor abaixo do mercado é presa

Da Redação - Fabiana Mendes

25 Set 2020 - 10:45

Foto: Divulgação / PMMT

Quadrilha que vendia tinta falsificada com valor abaixo do mercado é presa
Policiais militares prenderam nesta quinta-feira (24), seis pessoas, sendo cinco homens e uma mulher, por estelionato, em Rondonópolis (a 216 quilômetros de Cuiabá). O grupo confessou que iria vender a tinta nas cidades próximas. Em análise superficial, os agentes perceberam que as embalagens eram imitações de duas marcas consolidadas no mercado.

Leia mais:
Sobrevivente de tiroteio no Atacadão curte praia no RJ e está foragido; tornozeleira foi desativada

Segundo informações da PM, foram apreendidas 768 latas de tinta falsificadas, três veículos, oito celulares, três máquinas de cartão, 30 comprovantes de depósito e cadernos com anotações do fluxo de caixa.

Os policiais foram informados por um morador do Distrito de Galiléia que alegou ter sido vítima do golpe da tinta falsificada. Ele comprou 13 latas do produto por R$ 1 mil. Quando descobriu a irregularidade, acionou a PM.

Em diligência na busca dos suspeitos, os militares descobriram que a quadrilha estava hospedada e vendendo o material falsificado em um hotel localizado às margens da MT-364.

Os criminosos passavam a informação que seriam vendedores ambulantes da cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo. A carga com o produto falsificado teria chegado na quarta-feira (23) e empilhada no estacionamento do hotel.

Uma equipe da Força Tática somou ao trabalho de abordagem e vistoria. O mesmo golpe foi aplicado em várias cidades do país como São Paulo, Bahia e Minas Gerais e, descoberto que a tinta seria uma mistura de água, cal e corante. Os valores de cada lata ou caixa eram vendidas de R$ 40 a R$ 70.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet