Olhar Direto

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Força Tática prende quatro e apreende mais de 100 tabletes de cocaína e R$ 52 mil em dinheiro

Da Redação - Arthur Santos da Silva

17 Out 2020 - 09:24

Foto: Reprodução

Força Tática prende quatro e apreende mais de 100 tabletes de cocaína e R$ 52 mil em dinheiro
Policiais da 20ª Companhia de Força Tática de Cuiabá, unidade do 1º Comando Regional, prenderam no início da noite de sexta-feira (16.10) quatro pessoas, três homens e uma mulher, e apreenderam 116 tabletes de droga, sendo 70  de cloridrato de cocaína e 46 de pasta base. Também foram apreendidos R$ 52,2 mil em dinheiro e uma pistola calibre 380.

Leia também 
Polícia Civil prende mulher com 58 tabletes de maconha e cinco de cocaína


A ação se desencadeou, a partir da abordagem de dois homens no estacionamento de um posto de combustível, na Avenida Professora Edna Affi(das Torres), em Cuiabá. Um dos suspeitos havia acabado de entregar uma mochila, de cor preta, para outro homem. Na mochila havia três tabletes de cloridrato de cocaína.

As duas prisões levaram a uma residência no bairro Belita Costa Marques, na mesma região da abordagem, onde os policiais encontraram a droga. O entorpecente estava no quarto do casal, um dos homens presos no posto, e da mulher dele. O dinheiro estava no quarda-roupas do mesmo quarto. Lá, além da mulher ocorreu a terceira prisão.

Estima-se que a retirada de circulação dessa quantidade de droga nessa ação da Polícia Militar tenha resultado em um prejuízo de mais de R$ 2 milhões para o crime organizado.

E por haver suspeite de que de tráfico internacional de droga, todos os suspeitos e produtos apreendidos foram entregue na Polícia Federal, em Cuiabá, para que as investigações possam prosseguir.

Diferença 

A cocaína na forma de cloridrato está em pó, é solúvel, já sob a forma de uma base é o crack, petrificada, pouco solúvel. Ambas são comercializadas por preços diferentes e consumidas de maneira diferentes.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet