Olhar Direto

Segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Notícias / Política MT

Nilson Leitão comemora notas de medicina no Enade e promete novas vagas para o curso na UFMT

Da Redação - José Lucas Salvani

22 Out 2020 - 16:13

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Nilson Leitão comemora notas de medicina no Enade e promete novas vagas para o curso na UFMT
O candidato ao Senado, Nilson Leitão, comemorou as notas dos cursos de medicina nos campus de Rondonópolis (a 217 km de Cuiabá) e Sinop (a 420 km de Cuiabá), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que obtiveram as pontuações 5 e 4, respectivamente no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Se eleito, Leitão afirmou que irá lutar para implantar um curso de medicina no Araguaia (a 421 km de Cuiabá), com 50 novas vagas.

Leia mais:
UFMT se sobressai no Enade e faculdade particular de Cuiabá obtém pior nota em Engenharia Civil

"Foi uma oportunidade e trabalhei por isso desde que era prefeito de Sinop. Mato Grosso tinha 100 vagas na UFMT para todo estado, dobramos isso passando de 100 para 200 contemplando as regiões Norte e Sul, mas infelizmente parou por aí, não levantaram mais essa bandeira. Eleito senador da República, quero lutar para implantar curso de medicina no Araguaia com 50 vagas, não é possível os jovens de Mato Grosso continuar saindo para fazer medicina na Bolívia. Temos que dar mais oportunidades, criando cursos como enfermagem em Alta Floresta, Juína, Norte do Araguaia. A saúde precisa de mais profissionais, vimos isso durante a pandemia", destacou Nilson Leitão.

Para o cirurgião plástico e professor de medicina da UFMT campus de Sinop, Assaad Naim, o curso fez diferença para a saúde pública do município. "Houve um ganho de mão dupla. O SUS ganhou com a implantação do curso de medicina uma vez que a presença do aluno dentro das unidades de saúde, sejam elas em qual nível for, cria um ambiente de perguntas e dúvidas que instiga a busca de respostas, de adequações e melhorias”.

Durante a pandemia, a presença de estudantes de medicina em Sinop trouxe um diferencial ao atendimento. Houve ações proativas e conjuntas entre professores e estudantes com os órgãos públicos, montando equipes de diagnóstico e monitoramento da doença e dos pacientes.

UFMT se sobressai no Enade

A unidade educativa se sobressaiu no Enade, com apenas um curso com nota 2, considerada ruim, para o curso de Enfermagem, no campus Sinop (a 420 KM de Cuiabá). Já a Uniasselvi (Instituto Superior de Ensino de Cuiabá) obteve a pior nota no curso de Engenharia Civil. Os resultados são referentes a edição de 2019 do exame.

Já na UFMT, os cursos de Medicina, campus Cuiabá e Rondonópolis, e Arquitetura e Urbanismo, na capital, são os únicos a atingirem nota máxima. No campus Cuiabá, somente os cursos de Educação Física e Zootecnia tiraram nota 3, enquanto o restante dos cursos atingiu nota acima de quatro, como é o caso das Engenharias Civil, Ambiental, Elétrica e Florestal.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet