Olhar Direto

Sábado, 28 de novembro de 2020

Notícias / Cidades

Cliente se diz vítima de preconceito e quebra vidro de táxi após motorista negar corrida

Da Redação - Vinicius Mendes

25 Out 2020 - 09:47

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Cliente se diz vítima de preconceito e quebra vidro de táxi após motorista negar corrida
Um taxista e um cliente foram conduzidos à 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis (a 217 km de Cuiabá) após se envolverem em uma briga na madrugada deste domingo (25). O cliente chegou a quebrar o vidro do táxi e disse ter sido vítima de preconceito, por ser homossexual, já que o taxista negou realizar a corrida, de imediato. O motorista havia dito que esperava um lanche.

Leia mais:
PM apreende 56 peças de pescado e prende homem com tarrafas e redes; veja vídeos

De acordo com informações da Polícia Militar, por volta de 1h15 de hoje (25)uma equipe foi acionada para atender uma ocorrência de briga no Centro. Ao chegar ao local os policiais conversaram com os envolvidos e o taxista contou que o cliente chegou no ponto de táxi e solicitou uma corrida.

O taxista, no entanto, teria pedido para que esperasse, pois estava aguardando um lanche. O cliente então teria se exaltado e passou a agredir o motorista, chegando a quebrar o vidro da porta da frente.

O cliente alegou que foi vítima de preconceito, pois é homossexual. O taxista teve ferimentos na perna direita e no braço esquerdo. A polícia ainda acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atender os dois.

Comentários no Facebook