Olhar Direto

Segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Notícias / Política MT

Stopa se diz surpreso com posicionamento de Faissal e não descarta expulsão do partido

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

29 Out 2020 - 07:36

Foto: Rogério Florentino/OD

Stopa se diz surpreso com posicionamento de Faissal e não descarta expulsão do partido
Candidato a vice na chapa de Emanuel Pinheiro (MDB), o ex-secretário de Serviços Urbanos e presidente estadual do Partido Verde, José Roberto Stopa, recebeu com surpresa as declarações do correligionário Faissal Calil, que voltou a dizer que não irá apoiar a candidatura de Pinheiro e que vai votar contra ele em um possível segundo turno.
 
Leia também:
Faissal desconsidera aliança partidária e diz que espera França e Abílio no segundo turno

 
De acordo com Stpoa, o deputado estadual já havia manifestado ao partido que não concordava em apoiar Emanuel Pinheiro, mas garantiu que não iria se envolver na eleição municipal.
 
“Vejo com surpresa e desconheço a afirmação. Ele falou que ficaria neutro no processo eleitoral”, disse Stopa ao Olhar Direto, explicando que a situação vai ser discutida no partido e que o parlamentar pode até ser expulso no caso de descumprir o que foi acordado.
 
Vamos discutir isso com a Executiva Estadual e vamos definir, mas é possível [uma expulsão]”, afirmou.
 
Ex-vereador de Cuiabá e membro do diretório municipal, Faissal disse que decidiu não apoiar Emanuel por não concordar com a forma, segundo ele, ineficaz, com que o prefeito lidou com pandemia do coronavírus.
 
“O Emanuel já teve a oportunidade e infelizmente deixou a desejar. E não digo por causa do paletó, nunca falei isso por causa do paletó. Eu digo porque durante a pandemia eu estive em todas as unidades de saúde de Cuiabá, eu fui lá com short, com camiseta de futebol e fui lá verificar a situação, eu queria sentir o que as pessoas sentem quando buscam atendimento público pelo SUS, e não estava bom. Faltava médico, faltava exame, faltava medicamento, então pecou muito, e esse principal motivo que eu não apoio o governo municipal do Emanuel Pinheiro”, afirmou.
 
O deputado ainda assegurou que não vai apoiar a candidatura em que seu partido está e que no segundo turno vai se posicionar contra a eleição de Emanuel Pinheiro.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet