Olhar Direto

Domingo, 29 de novembro de 2020

Notícias / Política MT

Comandado por Fávaro, PSD é partido de MT que mais recebeu dinheiro público para campanha; Veja lista

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

30 Out 2020 - 08:02

Foto: Rogério Florentino/OD

Comandado por Fávaro, PSD é partido de MT que mais recebeu dinheiro público para campanha;  Veja lista
O PSD em Mato Grosso, partido que é comandado pelo senador interino Carlos Favaro é até o momento a sigla do Estado que mais recebeu dinheiro público do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC). De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral, Fávaro está administrando R$ 4,9 milhões que vieram de transferências feitas pela Direção Nacional na segunda semana do mês de outubro.
 
Leia também
Alunos da rede estadual não irão reprovar neste ano e 2021 será para recuperar a aprendizagem, diz futuro secretário

 
O segundo partido que mais recebeu recurso público no Estado, até agora, foi o MDB, comandado pelo cacique Carlos Bezerra, que recebeu R$ 3,8 milhões. Paralelo a isso, a Executiva Nacional da sigla, ainda mandou o montante de R$ 620,9 mil para campanha do candidato a prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, ou seja, o partido ganhou R$ 4,4 milhões.
 
Em terceiro lugar entre os partidos que mais recebeu dinheiro público, está o Progressistas, liderado no Estado pelo deputado federal Neri Geller, que está administrando R$ 1,9 milhão para as campanhas.
 
Já o PT, comandado no Estado pelo deputado estadual licenciado e candidato ao Senado, Valdir Barranco, recebeu a quantia de R$ 1,8 milhão e é o quarto partido do Estado que mais recebeu dinheiro vindo de impostos. Do montante, R$ 357 mil foi para a campanha de Julier Sebastião.
 
O PSL, um dos partidos que mais recebeu dinheiro público no país para bancar campanhas em 2020, mandou para Mato Grosso, onde tem como presidente estadual o advogado e candidato à prefeitura de Cuiabá, Aécio Rodrigues, a quantia de R$ 1,2 milhão.
 
Liderado em Mato Grosso pelo deputado estadual Max Russi, o PSB está em quinto lugar da lista empatado tecnicamente com o PSL, também com um montante de R$ 1,2 milhão recebido de dinheiro público.
 
A lista dos partidos do Estado que receberam doações milionárias de fundo eleitoral termina com o Pros, que mandou para Mato Grosso R$ 1 milhão que está sendo utilizado apenas na campanha da candidata à prefeita de Cuiabá, Gisela Simona e com o DEM, que com doações para apenas 13 candidatos, também chegou a quantia de R$ 1 milhão.
 
O PSDB, partido que sempre foi protagonista em eleições em Mato Grosso, mas que este ano figura como coadjuvante fez doações menores a alguns candidatos, como a prefeita de Chapada dos Guimarães Thelma Oliveira, que recebeu R$ 25 mil.
 
Ao todo, 17 partidos de Mato Grosso receberam dinheiro do fundo, porém os únicos que recusaram o recurso para bancar campanhas foi o Novo e o PRTB.
 
Veja abaixo quantos cada partido em Mato Grosso recebeu:
 
PSD: R$ 4.900.000,00
 
MDB: R$ 4.475.995,15
 
Progressistas: R$ 1.980.554,88
 
PT: R$ 1.811.093
 
PSL: 1.260.000,00
 
PSB: R$ 1.222.843,49
 
Pros: R$ 1.000.000,00
 
DEM: R$ 1.000.000,00
 
Podemos: R$ 950.000,00
 
PDT: R$ 785.000,00
 
Republicanos: R$ 666.281,00
 
PV: R$ 521.958,20
 
Cidadania: R$ 501.546,14
 
Psol: R$ 314.143,85
 
DC: R$ 80.256,51
 
PSDB: R$ 68.000,00
 
PCO: R$ 1.000,00

Comentários no Facebook

Sitevip Internet