Olhar Direto

Segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Notícias / Ciência & Saúde

Pronto-Socorro no HMC completa 1 ano com mais de 27 mil atendimentos

Da Redação - Fabiana Mendes

21 Nov 2020 - 08:01

Foto: Reprodução

Pronto-Socorro no HMC completa 1 ano com mais de 27 mil atendimentos
Há um ano a população de Cuiabá passou a contar com o atendimento de urgência e emergência no maior hospital público do Centro-Oeste. Nesta data no ano passado o novo Pronto-Socorro da Capital começou a funcionar no Hospital Municipal de Cuiabá - Dr. Leoni Palma de Carvalho, com uma estrutura física ampliada e com equipamentos de monitorização e ventilação de alta tecnologia, além de uma equipe qualificada de clínica médica, cirurgia geral e ortopedia.

Leia mais:
Cuiabá tem redução de casos semanais e menor número de mortes pela Covid-19 desde junho

Desde sua inauguração, o novo Pronto-Socorro atendeu 27.663 pacientes de urgências clínicas politraumatizados, oriundos dos 141 municípios de Mato Grosso. “A capital mato-grossense sempre foi a referência na saúde pública do Estado, mesmo antes de abrirmos o HMC. Atualmente, Cuiabá continua a atender pacientes de todos os municípios de Mato Grosso, mas agora em um hospital amplo, moderno e com os melhores equipamentos hospitalares. Hoje comemoramos 1 ano de uma nova fase para os pacientes que dependem de atendimento de urgência no SUS”, disse a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix.
 
Considerado pelo Ministério da Saúde como uma das três melhores unidades hospitalares públicas do país, o HMC tem um ambulatório com mais de 16 especialidades e realizou 13.747 consultas entre janeiro e outubro deste ano. Além disso, o hospital exerceu um papel fundamental em 2020, pois em uma decisão estratégica dos gestores municipais, não atendeu pacientes diagnosticados com COVID-19.

“Nós transformamos o antigo PS em Hospital Referência para COVID, disponibilizamos leitos no hospital São Benedito e também a UPA Verdão para pacientes com coronavírus. Decidimos deixar o HMC para atendimento de pacientes não-COVID, para evitar uma disseminação maior do vírus entre os internados”, explicou a secretária. Só neste ano foram 6.247 pacientes internados no HMC e 5.713 procedimentos cirúrgicos em pacientes de todo o estado.
 
O HMC possui 184 leitos de enfermaria, 20 leitos no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ), 6 salas de cirurgia, 60 de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), sendo 40 adultos, 10 pediátricos e 10 leitos Unidade Coronariana. Na Urgência / Emergência possui 51 leitos divididos entre Reanimação, Politrauma, Estabilização, Observação adulto e pediátrico. Além disso, conta com ambulatório com mais de 16 das especialidades médicas mais procuradas pela Central de Regulação, exames como ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e radiografia, parque tecnológicos com equipamentos de última geração, moderno centro de imagens e ainda farmácias satélites.
Sitevip Internet