Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

Notícias / Cidades

Filho é espancado pelo pai por pegar R$ 2 da madrasta em Cuiabá

Da Redação - Fabiana Mendes

12 Jan 2021 - 08:04

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Filho é espancado pelo pai por pegar R$ 2 da madrasta em Cuiabá
Um menino de 12 anos foi espancado pelo próprio pai por pegar R$ 2 reais da madrasta para comprar sorvete em uma merceária. A vítima mora com a mãe no bairro no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá, e passava o final de semana com o pai. 

Leia mais:
Homem é preso após tentar estuprar e ameaçar de morte mulher de 29 anos

O caso foi divulgado no Programa do Pop nesta segunda-feira (11). Os pais da vítima são separados e o garoto passava alguns dias na casa do pai. A mãe relatou que é raro o pai pegar o filho aos finais de semana e sempre que pega, acontece "alguma coisa".

Em ocasiões anteriores, ele já teria levado o garoto embora bêbado e inclusive chamado a polícia porque a mãe não queria que ele ficasse com o menino. "Ele é uma pessoa alterada, desequilibrada", pontuou a mulher em entrevista ao programa. 

Ainda conforme ela, depois da agressão, o pai do menino teria ligado e dito que ficaria com ele por 30 dias. No entanto, a mãe pediu que o homem levasse a criança embora. Quando ele foi levar o filho, teria mostrado os ferimentos. "Ele levantou a blusa se gabando do que tinha feito", afirma a mãe. 

"Quando vi a situação, sai de mim, me desesperei, comecei a xingar ele. A mulher dele estava junto, foi quando ele entrou no carro e eu agredi ele também. Ele e a mulher dele ainda correram atrás de mim para me agredir, aqui na porta da minha casa", acrescentou. 

A sessão de espancamento gerou revolta de alguns vizinhos que gravaram um vídeo e disseram que iriam chamar a Polícia Militar. Questionado sobre quem teria causado os machucados, a vítima responde: “foi meu pai”.

Um boletim de ocorrência foi registrado. Medida protetiva também foi solicitada para que o pai não se aproxime do filho. A mãe relatou que o filho precisou tomar medicamentos no dia da agressão, para que conseguisse dormir. 

Veja vídeo:

 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet