Olhar Direto

Domingo, 28 de fevereiro de 2021

Notícias / Política MT

Dr. João diz que Emanuel ‘força a barra' para colocar MDB no colo dele’: “Nunca fui procurado”

Da Redação - Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

23 Jan 2021 - 16:49

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Dr. João diz que Emanuel ‘força a barra' para colocar MDB no colo dele’: “Nunca fui procurado”
O deputado estadual Dr. João (MDB) lamentou o fato de prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), seu correligionário, ter chamado os deputados do partido de “vaquinhas de presépio”, por votarem a favor da mudança de financiamento do VLT para o BRT, seguindo a opinião do governador Mauro Mendes (DEM). Dr. João, que não participou da votação porque estava licenciado, afirmou que parece que o prefeito está “ando uma barra para colocar o partido no colo dele, e não é bem assim, né? ”.

Leia também:
Secretário diz que Janaina age a serviço do governador e dispara: “deixe Emanuel trabalhar!”

A situação no MDB é tensa há meses. Desde as eleições, quando uma ala do partido não apoiou a campanha do prefeito pela reeleição, e Emanuel não economizou nas críticas ao pai da deputada estadual Janaina Riva (MDB), o ex-deputado José Geraldo Riva. No início deste ano, a rusga aumentou, com Janaina e Emanuel cada vez mais ásperos um com o outro. Como consequência, outros membros do partido têm escolhido seus ‘lados’.

Para Dr. João, Emanuel errou ao nunca procurar o deputado para pedir apoio. “Pelo menos a mim, que sou do partido dele, para apoio, nunca procurou para nada. No primeiro turno eu estava muito envolvido com as candidaturas da minha região, apoiando um monte de candidato da minha região, e apoiando o Senado, o Carlos Fávaro. (...) No segundo turno eu estava quieto aqui, [mas] nunca nos procurou, o problema acho que foi pessoal, ele teve alguma coisa com Janaina, não sei, com Bezerra... eu nunca conversei com ele sobre isso”.

O deputado também não gostou da fala do prefeito a respeito dos parlamentares, quando os chamou de “vaquinha de presépio”. “Acho que ele tem que ser mais atuante no partido. Talvez ele queira o partido para ele, e não é bem assim. O partido é de todo mundo, qualquer coisa tem que decidir, nós temos o Bezerra, que é nosso grande líder, e pelo que eu senti, que a gente viu aí, parece que ele está forçando uma barra para colocar o partido no colo dele, e não é bem assim, né? Está se lançando a govenador, a gente escuta aí, ou lê... eu não falei com ele depois da eleição. Nem antes da eleição eu fale com ele, então...”, completou.

Apesar das críticas e de não estar presente no dia da votação, o deputado afirmou que concorda com a mudança para o BRT. “Estou discutindo internamente. O governador colocou um monte de soluções, que seria bem melhor o BRT do que o VLT, e tudo que o governador colocou eu concordo com ele, é bem melhor para o estado. É mais barato, é mais rápido e a passagem é mais barata, só essas três coisas para mim já é suficiente”, finalizou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet