Olhar Direto

Sexta-feira, 05 de março de 2021

Notícias / Cidades

Plano de vacinação de MT terá quatro fases em oito grupos prioritários com 841.364 pessoas

Da Redação - Max Aguiar

16 Jan 2021 - 11:25

Foto: Reprodução

Plano de vacinação de MT terá quatro fases em oito grupos prioritários com 841.364 pessoas
Mato Grosso encerrou nesta sexta-feira (15) o plano de vacinação contra a Covid-19 para toda população do estado. Inicialmente serão vacinados os profissionais da saúde e em seguida idosos e indígenas que vivem em terras indígenas. O plano estadual de imunização está dividido em 4 fases, onde um total de 841.364 pessoas que fazem parte dos 8 grupos prioritários receberão a vacina. 

Leia mais:
Hospital Júlio Müller e mais três em MT chegam a lotação máxima de UTI para Covid-19

Na primeira fase serão vacinados 192.983 mato-grossenses que integram os grupos 1 e 2 que compostos por trabalhadores da Saúde (77.636), pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (2.382), povos indígenas vivendo em terras indígenas (23.976), pessoas de 80 anos ou mais (45.505) e pessoas de 75 a 79 anos (43.484). No plano não tem a data de quando o restante da população receberá o imunizante ao Covid-19. 

​Depois, na segunda fase da imunização 304.827 pessoas serão contempladas. Essa população são integrantes dos grupos 3, 4 e 5, onde estão: pessoas de 70 a 74 anos (67.859), pessoas de 65 a 69 anos (99.697) e pessoas de 60 a 64 anos (137.271). Já na terceira fase quem terá prioridade serão os indivíduos que apresentam comorbidades e foram classificados como grupo 6 composto por 263.219 pessoas. 

Na quarta e última fase de prioridade em aplicação da vacina serão imunizadas 80.335 pessoas que fazem parte dos grupos 7 e 8. Nessas categorias estão trabalhadores de educação do ensino básico (49.238), trabalhadores de educação do ensino superior (14.177), funcionário do sistema de privação de liberdades (2.325), forças de segurança e salvamento (11.305) e forças armadas (3.290). 

No documento da Secretaria de Saúde fica explicado que esse plano estadual segue o Plano Nacional de Vacinação. "“Optou-se pela seguinte ordem de priorização: preservação do funcionamento dos serviços de saúde, proteção dos indivíduos com maior risco de desenvolvimento de formas graves e óbitos, seguido da preservação do funcionamento dos serviços essenciais e proteção dos indivíduos com maior risco de infecção”. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet