Olhar Direto

Terça-feira, 02 de março de 2021

Notícias / Política MT

Botelho diz que mudança de VLT não foi discutida porque não era política: “decisão puramente técnica”

Da Redação - Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

23 Jan 2021 - 14:12

Foto: Assessoria

Botelho diz que mudança de VLT não foi discutida porque não era política: “decisão puramente técnica”
Diante da rusga entre o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) e do governador de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM), o presidente da Assembleia Legislativa (ALMT) Eduardo Botelho (DEM) encontra-se em uma ‘sinuca de bico’. Base de Mauro e amigo de Emanuel, o parlamentar tentou amenizar a crítica feita pelo chefe do executivo municipal acerca da falta de diálogo do governador a respeito da mudança do modal de transporte de VLT para BRT. “A decisão não foi uma decisão política, por isso que [o prefeito] não foi ouvido. (...) Foi uma decisão puramente técnica”, afirmou Botelho.

Leia também:
Juiz declina de competência e determina redistribuição de ação do Governo contra Consórcio VLT

Segundo Botelho, nenhum político participou da discussão acerca da mudança, mas, agora que a decisão já foi tomada, estas pessoas devem ser ouvidas. “Participaram deste estudo [somente] técnicos, professores da universidade, técnicos do Ministério lá de Brasília, e eles chegaram e apresentaram esse relatório. Então pronto, o governador entendeu que o melhor caminho era esse. Agora vamos discutir como fazer. Agora sim eu acho que precisa envolver todas as prefeituras, de Cuiabá e de Várzea Grande, para que nós possamos fazer isso no menor prazo possível. Esse que vai ser o objetivo e eu vou trabalhar para isso”, completou.

Para o presidente da Assembleia o objetivo é resolver a situação, e este é o desejo de todos os envolvidos. “Todo mundo quer que acabe esse trambolho que está aí nas nossas principais avenidas, então... e quer o melhor para a população. Então os dois têm que ajudar. Uma vez que está decidido, agora é trabalhar para concretizar”.

Botelho falou com a imprensa durante uma reunião na manhã desta quarta-feira (20) junto à Mesa Diretora da Câmara de Cuiabá, em seu gabinete na Assembleia. A reunião contou com a presença do presidente da Câmara, Juca do Guaraná Filho (MDB). Segundo ele, a ALMT e a Câmara irão ser unir com frequência para decidir questões que envolvem a capital.

“Queremos a Câmara junto, participando junto conosco das comissões do meio ambiente, inclusive todas as discussões. E tem essas discussões que são pontuais agora, que é questão do VLT, a questão da vacinação, nós vamos fazer também conduzi-la todas em conjunto com a Câmara de Vereadores de Cuiabá e da Várzea Grande também convidá-los para vir para esse grupo, para fazer um grupo “todos contra a Covid, todos por Cuiabá, todos por Várzea Grande e vai ser nosso objetivo”, afirmou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet