Olhar Direto

Quinta-feira, 04 de março de 2021

Notícias / Cidades

Novos radares de Cuiabá irão aferir velocidade com até 20 metros de distância

Da Redação - Wesley Santiago

22 Jan 2021 - 09:57

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Novos radares de Cuiabá irão aferir velocidade com até 20 metros de distância
Os novos radares instalados em diversos pontos de Cuiabá pela prefeitura irão aferir a velocidade dos veículos de uma maneira diferente da utilizada até recentemente. Os automóveis serão monitorados a partir de uma distância máxima de 20 metros do equipamento. As mudanças devem começar a valer a partir de meados de março.

Leia mais:
Radares na estrada de Chapada devem começar a operar em até 60 dias
 
O funcionamento desses novos aparelhos trabalha com duas câmeras, que aferem a velocidade média do veículo, ou seja, registrando um ponto específico, com capacidade de verificação de até 20 metros de proximidade.
 
Segundo a prefeitura de Cuiabá, esta aferição de até 20 metros é feita quando o motorista está chegando ao aparelho de fiscalização. Após passar pelo radar, o veículo não é mais monitorado. A situação vinha causando confusão na cabeça dos cuiabanos, após surgirem informações falsas de que a aferição poderia ser feita até 500 metros depois que passasse pelo ponto.
 
Essas mudanças já foram executadas nas avenidas das Torres, Dante Martins de Oliveira, Fernando Côrrea da Costa, além da implantação de novos aparelhos na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251) e Estrada da Guia (MT-010).
 
Segundo levantamento, nos últimos três anos foram registrados 294 acidentes na MT-251 e 240 na MT-010, fazendo-se necessária a instalação de dois novos instrumentos de fiscalização.
 
Atualmente estão instalados em Cuiabá, 44 pontos de fiscalização, entre semáforos com avanço de sinal, equipamentos fixos e lombadas eletrônicas. Poderão ser instalados em novos pontos conforme a necessidade e conveniência de acordo com estudos de viabilidade e relatórios de acidentes. Seguindo as determinações do TAC, a Semob prevê o aumento de 10% desses equipamentos.
 
A mudança se deu em cumprimento a um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com Ministério Público Estadual (MPE), para ampliação de equipamentos de fiscalização. A previsão é que esses equipamentos passem a funcionar em meados de março.
 
Válido ressaltar que, para atender essa determinação, uma nova licitação foi feita no ano de 2020 que resultou em um novo contrato de prestação de serviços e contratação de uma empresa especializada para gerenciar os trabalhos de melhorias da acessibilidade e mobilidade urbana na capital. Nessa nova licitação realizada já constava essa previsão de aumento e troca dos aparelhos.
 
Antes de iniciar o funcionamento desse novo sistema de controle, a Semob fará ampla divulgação no site oficial da Prefeitura e imprensa local. “Todo trabalho executado pela Semob é comunicado para toda a população e realizado um trabalho educativo antes da aplicação de penalidade”, disse o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.
 
Estudos apontam que, nas avenidas que foram instalados os aparelhos de fiscalização eletrônica, houve redução de mais de 40% no índice de acidentes.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet