Olhar Direto

Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Notícias / Política MT

Barbudo diz que não é oposição, mas cobra Mauro por mais investimentos

Da Redação - Vinicius Mendes / Da Reportagem Local - Max Aguiar

22 Fev 2021 - 14:02

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Barbudo diz que não é oposição, mas cobra Mauro por mais investimentos
O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) cobrou explicações do governador Mauro Mendes (DEM) sobre os valores em caixa do Estado. Segundo Barbudo, Mato Grosso possui R$ 3 bilhões em caixa, mas mesmo assim a população tem sofrido com a falta de investimentos. Ele reclamou que o cidadão paga muitos impostos, mas não vê os resultados. Barbudo sugeriu que Mauro use o dinheiro para ajudar na situação do asfaltamento da rodovia BR-158.
 
Leia mais:
Mauro diz que não irá seguir sugestão de Bolsonaro pela redução de impostos: "medida populista"
 
O parlamentar sugeriu que o governador faça a distribuição do dinheiro em caixa, já que é do povo e Mauro é apenas o gestor. Ele disse que votou em Mauro, que não é oposição ao Governo, mas quer saber a real situação do caixa.
 
“Convidei agora a pouco deputado Claudinei, do meu partido PSL, para que nós, juntos, vamos fazer um ofício e eu quero saber a verdade [...] Eu acho que a AL deveria, junto conosco, saber a situação real do caixa do Estado. Não estou aqui denunciando ninguém, não estou falando que sou contra, não estou falando nada, agora o Estado com R$ 3 bilhões no caixa, a nossa polícia era para ser a mais equipada do país. Vergonhoso. É uma crítica construtiva”.
 
Barbudo também citou a situação da rodovia BR-158, que apesar de ser de competência do Governo Federal, poderia contar com ajuda do governador Mauro Mendes, já que beneficia o povo mato-grossense.
 
“E o nosso povo sofrendo, e o dinheiro no caixa, o governador não reage? [...] Lá em cima plantam milho, soja, algodão e o Fethab comendo no lombo do produtor, o Fethab comendo no lombo do pecuarista. Um caminhão de boi gordo é R$ 1 mil para o Estado, e nada de contrapartida, não, nós temos que reagir. [...] Temos que fazer reunião com o governador, que está recebendo os impostos daqueles que estão sofrendo lá na BR-158 [...] Chegou a hora de lavarmos a roupa suja”.
 
Barbudo disse que quer uma resposta imediata do governador sobre os R$ 3 bilhões em caixa. Ele reforçou que o povo paga muitos impostos e merece saber.
 
“Eu não suporto mentira e a partir de hoje essa bancada tem a responsabilidade de cobrar o que é de direito, porque o povo mato-grossense não aguenta mais pagar imposto [...] agora o governador sentado no Paiaguás administrando, está pondo onde? Na poupança? Fazendo investimento? Então governador assuma, a rodovia é BR, mas o povo é MT”.
 
O deputado ainda aproveitou para defender o presidente Jair Bolsonaro, afirmando que pegou o caixa “arrebentado” e a situação só piorou com a pandemia. Ele afirmou que o presidente e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, não devem ser crucificados pela situação na BR-158, já que o PT teve 16 anos para resolver a situação e não o fez.
 
“Nós já estamos há dois anos, precisamos agir com dignidade, com hombridade, com trabalho, sem atacar aquele que pegou o caixa zerado. Merece sim as críticas, a democracia permite, mas respeito, eu quero saber de quem tem R$ 3 bilhões no caixa, de imposto do agronegócio, da indústria e do comércio, se vai ficar sentado olhando o sofrimento dos nossos irmãos nas rodovias”.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet